Plano de Parto: caminho para um parto prazeroso e seguro

Compartilhe:

O Plano de Parto é um documento elaborado por você, gestante, onde registra de forma clara tudo aquilo que deseja da assistência em relação ao seu trabalho de parto, parto, recepção e cuidados com o bebê e pós-parto imediato. É uma ferramenta de fundamental importância para o seu empoderamento, podendo garantir uma melhor qualidade da assistência e uma experiência mais satisfatória e segura do parto.

A importância do Plano de Parto

Como trilhar um caminho para um parto prazeroso e seguro nesse momento de pandemia de covid-19?

Plano de Parto na pandemia

 

Uma construção individual da mulher

O parto e o nascimento no Brasil se caracterizam pela adoção de várias tecnologias e procedimentos com o objetivo de torná-lo mais seguro para você e seu bebê. No entanto, o que percebemos é justamente o contrário. As mulheres e recém-nascidos são expostos a altas taxas de intervenções (que deveriam ser utilizadas apenas em situações de real necessidade e não como rotina) e violência obstétrica, e que também os colocam em situação de maior risco.

Essa assistência intervencionista e violenta também deixou de considerar os aspectos emocionais, sociais e culturais envolvidos em todo o processo. Parto e nascimento são momentos únicos na vida da mulher e da família, carregado de fortes emoções, e a experiência vivida neste momento pode deixar marcas permanentes, positivas ou negativas, para o resto de suas vidas. Por isso, a qualidade da assistência é imprescindível!

As Diretrizes Nacionais de Assistência ao Parto Normal (2017) recomendam que:

“mulheres em trabalho de parto devem ser tratadas com respeito, ter acesso às informações baseadas em evidências e serem incluídas na tomada de decisões. Para isso, os profissionais que as atendam deverão estabelecer uma relação de intimidade com estas, perguntando-lhes sobre seus desejos e expectativas. Os profissionais devem estar conscientes da importância de sua atitude, do tom de voz e das próprias palavras usadas, bem como a forma como os cuidados são prestados.”

O Plano de Parto é, portanto, um documento garantido pela legislação brasileira e tão importante que é recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Deste modo, além de ser um documento onde fica registrado suas necessidades e desejos em relação a todo o processo do parto, é uma forma também de demonstrar que você está minimamente informada sobre os procedimentos feitos no decorrer do processo e que não gostaria de ser tratada com intervenções de rotina, mas com cuidado individualizado e recebendo apenas intervenções se realmente forem necessárias, livre também de violência obstétrica.

Ou seja, mais do que um papel impresso a ser apresentado no momento do parto na maternidade, este documento tem uma importância ainda maior e anterior a este momento, te ajudando a entender o cenário obstétrico da sua cidade, as recomendações para uma assistência que garanta uma experiência prazerosa e segura de parto, as possibilidades de uma assistência mais alinhada com os seus interesses, as transformações naturalmente causadas durante o ciclo da gestação ao puerpério, as atualizações sobre os impactos do risco e/ou infecção de coronavírus para você e seu bebê e tantos outros temas que uma doula pode orientar e facilitar.

Mas para isso é necessário estudar e entender como você deseja que esse processo seja conduzido, exercendo sua autonomia e sendo a real protagonista desse processo.

Plano de Parto na pandemia

 

Como elaborar o seu Plano de Parto?

Nosso meio cultural não é favorável ao parto. Novelas e filmes quase sempre representam esse momento como uma experiência sofrida e desde a gestação somos abordadas com alguma história trágica ou traumática no parto. Muito raramente ouvimos experiências prazerosas.

Prazer no parto. Foi justamente este o meu ponto de mutação! Ouvir mulheres falando sobre  prazer em parir e assistir o documentário O Renascimento do Parto (que aborda a nossa grave realidade obstétrica, mas também aponta uma outra possibilidade de assistência – mais amorosa, cuidadosa e principalmente mais respeitosa de vivenciar todo esse ciclo).

Tudo isso me fez questionar: se parto é sofrimento, como pode haver prazer nesse processo? Será possível transformar a dor do parto num momento de prazer? A chave pra essas respostas é a informação.

Para elaborar o seu Plano de Parto você vai precisar buscar informação de qualidade, investindo em conhecimentos atualizados, embasados cientificamente, não em mitos ou “achismos” disseminados na nossa cultura. Uma barreira difícil de ser ultrapassada numa caminhada solitária, uma vez que encontramos informações de qualidade duvidosa e fake news à rodo por aí, inclusive na assistência tradicional.

É fundamental que o Plano de Parto seja uma construção individual, com foco em você e nas suas intenções para o parto, não uma cópia de modelos prontos. Optando pela cópia, muito provavelmente você nem vai entender as escolhas ali feitas por outra pessoa ou vai seguir essas escolhas sem entender o real significado que isso terá para você e seu bebê na sua experiência.

Se informação é poder, apoio também é fundamental! Para ter autonomia e ser protagonista do seu parto você precisa assumir a sua responsabilidade por esse processo. A elaboração do Plano de Parto é um convite à isso e a doula é peça importante para potencializar essa retomada do seu poder. Porque o parto é seu, mulher! E você merece viver uma experiência incrível de parto!

Plano de Parto na pandemia

 

Qual o meu papel como sua doula na elaboração do seu Plano de Parto?

Doula é a mulher treinada para oferecer suporte contínuo e individual, através de informações, apoio físico e emocional para outras mulheres e suas famílias, durante todo o ciclo gravídico-puerperal. Meu papel fundamental é te acolher, apoiar e fortalecer nesse momento tão significativo da vida, tendo a crença irrestrita nas suas capacidades.

As evidências científicas apontam que a atuação da doula pode trazer diversos benefícios significativos para as mulheres, seus bebês e família. Os resultados positivos estão associados especialmente por meio de alterações na percepção do parto, entendendo-o como evento saudável e restituindo a dimensão biopsicossocial que o envolve.

  • Minimizar as dores durante o trabalho de parto;
  • Melhorar a segurança física e emocional individual e familiar;
  • Ajudar o desenvolvimento de habilidades subjetivas;
  • Ampliar a quantidade e a qualidade de informações; e,
  • Minimizar a possibilidade de intervenções durante o parto.

São alguns aspectos que demonstram o meu papel para proporcionar à você bem estar e maior satisfação com a experiência de gestar, parir e tornar-se mãe.

Minha presença no seu acompanhamento também é fundamental na articulação entre sua família e a equipe de assistência durante esse processo, agregando potência ao trabalho em equipe e sendo capaz de propiciar mais segurança à você para que seja capaz de assumir o seu poder.

O trabalho da doula vem sendo sistematicamente endossado pela literatura científica e recomendado pela OMS, pelo Ministério da Saúde (MS) e pelas equipes humanizadas de assistência ao parto e nascimento.

No entanto, para que possa assumir o seu papel, é fundamental que a doula seja de livre escolha da mulher. A doula é da mulher, não da equipe de assistência! Só assim é possível defender os seus interesses, não as práticas realizadas de rotina pelos profissionais e/ou nas instituições. E é por isso que o Plano de Parto orientado por mim carrega todos os benefícios que o suporte da doula oferece.

 

Preparação para o parto na pandemia

Agora, mais do que nunca, é importante se preparar para o parto e o pós-parto. Minha orientação durante a gestação leva você a uma maior segurança, diminui as idas desnecessárias ao hospital e, consequentemente, menor é o risco de infecção pela covid-19.

Até o presente momento, sabemos que gestantes, bebês e puérperas pertencem ao grupo de risco para complicações do coronavírus. Então, precisamos ter ainda mais cautela! Mulher bem informada tem mais e melhores condições de fazer escolhas conscientes e, além de empoderar-se para enfrentar nosso cruel cenário obstétrico, manter-se mais protegida dessa pandemia.

Nenhuma mulher deveria parir sozinha e enfrentar tantos cenários de incertezas num momento que deveria ser mais leve e gostoso de curtir. Mas diante desse caos, uma excelente forma de ter uma experiência prazerosa e segura de parto é buscar informação de qualidade, apoio, fortalecimento e fazer escolhas conscientes para vivenciar esse momento tão especial do nascimento do seu bebê da melhor forma possível.

Porque sim, é possível! A pandemia não pode ser desculpa para violação dos seus direitos na gestação, parto e puerpério e para uma assistência de má qualidade.

Plano de Parto na pandemia

Como trilhar um caminho para um parto prazeroso e seguro?

As evidências científicas mais atuais recomendam evitar procedimentos desnecessários de intervenções, indução e cesárea, pois todos eles aumentam o risco de complicação para mãe e bebê, aumentando também a chance de permanecerem mais tempo no hospital e, consequentemente, acrescentando mais risco de exposição a covid-19.

Sabemos que esse cenário de pandemia trouxe mais medo, estresse, ansiedade, incerteza para um momento já de tantas dessas questões pra você e sua família, mas tenhamos calma para buscar informações de qualidade e fazer escolhas conscientes. Se preparar para vivenciar o parto pode fazer toda a diferença!

E é por isso que convido você, gestante, que gostaria de se sentir mais segura durante a gravidez, se preparando para o parto nesse período da pandemia. Nós criamos um grupo para te orientar na elaboração do seu Plano de Parto. Uma orientação focada em você, nas suas necessidades e desejos. Afinal de contas, ele deve ser uma construção individual ao invés de uma cópia de modelos prontos. Vem! Esperamos você lá!

Referências:

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.