Como fazer um Plano de Parto

Compartilhe:

O plano de parto é um documento que explica o que a pessoa grávida quer ou não quer que seja feito com ela e com seu bebê durante o trabalho de parto, parto e pós-parto. Ele é uma ótima ferramenta para preparação para o parto, um guia excelente o/a acompanhante e um comunicado direto e claro para a equipe que estará no parto.

“Desejo + Informação + Apoio = Parto Possível”

O caminho para ter um parto humanizado começa na gravidez: É vendo com clareza o seu desejo, identificando a realidade que você vive e se planejando dentro das suas condições que esse caminho passa a ser trilhado. Esse caminho é mais fácil quando se tem um Plano de Parto.

Por que ter um Plano de Parto?

O parto acontece no corpo da pessoa grávida, independente de onde essa pessoa escolha parir. Se você quer ter um parto em casa ou no hospital, com parteira tradicional, enfermeiras obstetras ou um obstetra, o parto acontecerá no seu corpo. As delícias e as marcas dele ficarão no seu corpo e nada mais justo do que você decidir sobre o que pode ou não ser feito com ele – lógico, seguindo os cuidados com sua saúde e a do bebê!

CURSO FLOR DA VIDA EXPLICA - PLANO DE PARTO @MALUDOULA @LUIZAFALCAODOULA

Como dito antes, o plano de parto tem vários benefícios: te ajuda a se preparar para o parto de forma mais consciente, ajuda quem for te acompanhar a conhecer e te apoiar nas tuas escolhas e serve como um guia para a equipe de assistência sobre o que você aceita ou não que ela faça contigo e com o bebê.

Ter um plano de parto de ajuda na preparação para o parto de forma consciente porque, ao fazer um plano de parto você precisa pesquisar cada intervenção, prática ou procedimento escrito nele. E isso te faz estudar também sobre como o corpo funciona naturalmente para o trabalho de parto acontecer, as várias formas de entrar em trabalho de parto, qual o papel dos profissionais na assistência ao parto e o que é preciso fazer para ter a melhor experiência de parto que você pode ter.


FLOR DA VIDA EXPLICA - PLANO DE PARTO @MALUDOULA @LUIZAFALCAODOULA @FLORDAVIDADOULAS

Ter um plano de parto ajuda o teu acompanhante a se preparar e te apoiar. Quem vai estar contigo no parto tem um papel importante: é uma pessoa que precisa te colocar pra cima, te apoiar nas escolhas e saber defender seus interesses. Chamar essa pessoa para construir contigo ou repassar o plano de parto, tirando as dúvidas dela, é um jeito positivo de vocês fortalecerem a conexão para o dia tão especial.

Ter um plano de parto guia a equipe profissional de assistência ao parto sobre o que você quer ou não que seja feito contigo. Isso não quer dizer recusar procedimento de monitoramento de bem estar ou negar intervenção em situação de risco. Quando você se posiciona sobre intervenções e procedimentos tem que ser baseada em informações de qualidade. Uma boa fonte de informações é o site da Organização Mundial de Saúde ou as diretrizes de assistência ao parto normal, do Ministério da Saúde.

No Brasil é comum procedimentos serem feitos de rotina mesmo sem indicação médica, como o corte na vagina (episiotomia), uso de soro com ocitocina (o “sorinho pra ajudar”) e até o uso da posição deitada de barriga para cima na hora de parir (litotomia). Detalhe: para quem acha que isso só acontece no SUS saiba que rola a torto e a direito no hospital particular e com equipe paga também.

Nesse cenário, ter um plano de parto é ter uma ferramenta importante para quem quer se preparar para a chegada do bebê de uma forma agradável e respeitosa. E para quem vai para uma indução ou uma cesárea? Ele é importante também! O plano de parto é um instrumento da humanização e atende às situações em que o mais seguro e indicado para aquela família é passar por uma indução ou cesárea.

CURSO FLOR DA VIDA EXPLICA - PLANO DE PARTO @MALUDOULA @LUIZAFALCAODOULA


O plano de parto é sempre bem vindo: seja para gravidez de risco habitual ou alto risco. Seja para parto em casa ou parto no hospital. Para parto normal, indução ou cesárea. Agora, nesse contexto de pandemia em que estamos vivendo,mais do que nunca, ter um plano de parto é importante. Se cercar de informação de qualidade, pessoas que te apoiam e estão alinhadas com o que você deseja são diferenciais para o parto ser mais tranquilo e acolhedor possível.

Leia também: Parto e Coronavírus

Como fazer um Plano de Parto?

Agora de forma prática, como fazer um plano de parto? Veja algumas dicas sobre como fazer um plano de parto:

  • Entender as várias formas de entrar em trabalho de parto, assim você se prepara para um parto natural, uma indução de parto e até uma cesárea.
  • Ter mais de uma opção para local de parto. Considerar que pode acontecer algo que te impeça de ter o bebê no lugar desejado. Por exemplo, esse ano uma das maternidades particulares mais favoráveis para um parto humanizado fechou as portas aqui em Recife.
  • Aceitar que cada pessoa tem seu ritmo e limite. Tudo bem não se sentir 100% segura com todas as informações disponíveis. O plano de parto é seu, escreva o que você sente que te representa.FLOR DA VIDA EXPLICA - PLANO DE PARTO @MALUDOULA @LUIZAFALCAODOULA @FLORDAVIDADOULAS (2)
  • Escrever de forma clara. O plano de parto é seu e é essencial que você entenda tudo o que está escrito. Mas é importante também que o profissional, seja plantonista, obstetra particular ou equipe de parto domiciliar, entenda o que você espera para o nascimento.
  • Separar o Plano de Parto em partes. Ter claro o que você quer no caso de um parto normal, de uma indução e de uma cesárea, além dos cuidados com o bebê.
  • Usar os modelos existentes como referência e criar o seu. Existem vários modelos de plano de parto na internet. Uma dica é você escolher alguns modelos, pegar o que você acha interessante de cada um, entender o porque ele está sendo recomendado ou contraindicado e colocar lá no seu plano de parto.
  • Pesquisar em fontes seguras. Internet é terra sem lei e da mesma forma que existem fontes seguras para informações, existem locais duvidosos com informações desatualizadas. Se certifique da qualidade das informações em documentos oficiais, como a Organização Mundial de Saúde.
  • Entender o cenário que você vive, e se planejar já compreendendo as possibilidades e limites dele. Importante: ser uma estrutura limitada não é motivo para cometer violência obstétrica.
  • Se atualizar sobre a pandemia. O que muda e o que não muda em relação a ter um parto durante a pandemia. Ter um parto normal na quarentena é possível, mas pede uma preparação para o parto mais especial.

Para tornar essa experiência mais incrível, você pode contar com apoio profissional para te ajudar a fazer um plano de parto completíssimo.

Como fazer um plano de parto sem sair de casa?

Esperar pelo parto humanizado confiando apenas em ter um plano de parto pode ser arriscado. Quando se tem um plano de parto as condutas rotineiras de equipes ainda existem e continuam fortes. É preciso realmente entender o seu plano de parto para conseguir dialogar com mais segurança e tranquilidade com a equipe no dia do parto.

Ter um plano de parto sem entender o que significa é como carregar um papel em branco. O que dá poder ao plano de parto é a preparação e o entendimento de quem o escreveu.

Essa construção nem sempre é fácil e simples. Foi pensando em você, que está grávida e deseja se preparar para o parto sem sair de casa, que criei junto com o Flor da Vida coletivo de doulas o curso Flor da Vida explica – Plano de Parto.

Como funciona:

O Curso Flor da Vida explica – Plano de Parto é um curso para construção do plano de parto. Você pode fazer sem sair de casa, no conforto de seu lar! É um curso on-line para pessoas grávidas e acompanhantes que querem montar um plano de parto completo, entendendo todo o seu conteúdo e com um suporte respeitoso e acolhedor nesse processo.

Durante 5 dias você terá o apoio profissional de 2 doulas experientes para te ajudar a responder questões importantes na preparação do teu plano de parto, pensando como ter um parto respeitoso, no contexto que você vive, com as possibilidades ao teu alcance e respeitando os teus desejos. Você terá:

  • Aulas on-line ao vivo
  • Suporte para construção do plano de parto
  • Revisão individual do plano de parto
  • Informações de qualidade, com referências internacionais e nacionais.
  • Material exclusivo

CURSO FLOR DA VIDA EXPLICA - PLANO DE PARTO @MALUDOULA @LUIZAFALCAODOULA

Quem oferece o curso:

Malu Moraes sou eu! Sou doula, educadora perinatal, profissional da amamentação, trabalho também com massagens para grávidas e reiki.  Além disso, sou colaboradora aqui na Casa da Doula.

Luiza Falcão é doula, profissional da amamentação, aromaterapeuta em formação e reikiana. Também é jornalista e colaboradora da Casa da Doula.

Fazemos parte do Flor da Vida, coletivo de doulas recifense que nasceu do desejo de facilitar o acesso de grávidas, puérperas e famílias em situações financeiras mais instáveis a serviços de qualidade nesse período, como doulagem e apoio à amamentação.

Quer saber mais? Clica aqui e tenha mais informações!

 

Referência bibliográfica:

Recomendação da OMS para os cuidados durante o parto, para uma experiência de parto positiva, da Organização Mundial de Saúde. (Clique aqui)

Diretrizes de Assistência ao Parto Normal, do Ministério da Saúde do Brasil. (Clique aqui)

Condutas que são claramente úteis e que deveriam ser encorajadas, Organização Mundial da Saúde. (Clique aqui)

 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.