Introdução alimentar infantil de sucesso

Compartilhe:

Quando o filho nasce, o primeiro alimento dele é o leite materno. Isso deve durar por 6 meses de forma exclusiva. Após os 6 meses o bebe inicia a introdução alimentar.

O ideal é que essa primeira dieta seja o leite materno em livre demanda direto da fonte (peito) e até os 6 meses. Nesse período não se deve dar nenhum outro alimento dele.

Muito comum na nossa sociedade, porém, é o uso de chás, água e outros. Mas isso não deve ser feito, já que o bebê ainda não tem maturidade para digerir esses alimentos.

Caso o bebe PRECISE de leite artificial aí sim, deve-se oferecer a ele também a água entre uma mamada e outra.

 

O que é a introdução alimentar?

Introdução alimentar, filho, Criança
Fonte: https://pixabay.com/pt/photos/beb%C3%AA-comer-estreias-alimentos-2423896/

A introdução alimentar deve ser iniciada somente após os 6 meses de idade do seu filho. E consiste na APRESENTAÇÃO dos alimentos sólidos a eles. Nessa primeira fase o objetivo é apresentar mesmo, não adianta se desesperar porque o seu filho come “pouco”. É assim mesmo, ele está conhecendo os novos sabores e precisa de um tempo para fazer isso. Lembre-se, até 1 ano de idade o leite materno ainda é o principal alimento dessa criança.

 

Como ter sucesso nessa fase?

Introdução alimentar, filho, Criança
Fonte: https://pixabay.com/pt/photos/beb%C3%AA-mordida-menino-crian%C3%A7a-bonito-84686/

Alguns estudos indicam começar a introdução alimentar pelas frutas, outros pelas verduras e legumes. Alguns indicam amassar as frutas e verduras enquanto outros indicam oferecer os pedaços grandes as crianças…

Cada criança vai responder de uma maneira diferente a cada estímulo. Umas irão preferir comer amassadinho na colher enquanto outras preferirão os pedaços grandes do método BLW.

A minha primeira dica é ofereça e observe o que você se sente mais seguro(a) e o que seu filho prefere.

A segunda dica é NÃO adoçar as comidinhas. Não caiam nessas de “só um pouquinho” ou” ele está passando vontade”. O bebe não conhece o doce e, portanto, não sente falta. Agora, se ele conhecer… Vai querer sempre. E tirar um hábito ruim depois é muito mais difícil. Melhor construir bons hábitos desde cedo.

A terceira dica seria começar pelos legumes e/ou sopas. Nesse caso vale a dica de cima. Não precisa salgar. Tempera com azeite e outros temperos naturais (num segundo momento) mas sempre pouco. No início da introdução alimentar é interessante um sabor por vez para que ele sinta, conheça e acostume. Além de observar se terá alguma reação alérgica.

 

Porque começar pelos legumes e não pelas frutas?

Introdução alimentar, filho, Criança
Fonte: https://pixabay.com/pt/photos/piquenique-beb%C3%AA-comer-bonito-2659208/

Simples. Fruta é doce e doce é mais fácil de agradar o paladar de todo mundo.

Os bebes estão tendo o seu primeiro contato (fora da barriga da mãe) com esses alimentos. O que apresentarmos eles irão aceitar. Alguns mais facilmente outros não.  Lembre-se, cada criança é um mundo a parte. Não se cobre e não desista. Vai valer a pena.

 

Fontes:

Impactos da implementação dos dez passos da alimentação saudável para crianças: ensaio de campo randomizado

Conhecendo a captação de informações de mães sobre cuidados com o bebê na estratégia Saúde da Família

Doulas recomendam:

Posso comer e beber durante o trabalho de parto? &... “Saco vazio não para em pé” é um ditado bem popular, mas bem verdadeiro. Dificilmente conseguimos fazer algo produtivo se estamos com fome. Não seria ...
Como ter sucesso na amamentação Não existe fórmula magica ou manual de instrução para cuidar de um bebê recém-nascido. Uma das grandes dúvidas das gestantes que eu acompanho é sobre ...
Acupuntura na gravidez Acupuntura na gestação Grávida pode fazer acupuntura? Fonte: https://pixabay.com/pt/barriga-mulher-gr%C3%A1vida-close-up-1434852/ Sim, a grá...
Diabetes gestacional! Mais perigosa do que parece! A diabetes! A diabetes gestacional acontece geralmente no 2º ou 3º trimestre de gestação e é simplesmente o aumento de glicose no sangue da mãe. Tamb...
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *