Tentante pode ter doula? 

Compartilhe:

Sim minha cara tentante! Mesmo antes de engravidar você tem todo direito de ter uma doula <3  Existem doulas que se especializaram no acompanhamento do parto e pós-parto, outras no acompanhamento durante a gestação e algumas dão apoio durante o processo de FIV (fertilização em vitro), etc. Cada é doula é única e poderá propor serviços adaptados a sua situação, basta encontrar a que te convém 🙂 

Quem já foi tentante sabe que não é moleza. 

 

Tentante?

 

Tentante??

 

Sim, tentante é o nome usado para a mulher (ou casal) que oficialmente quer engravidar, sejam aquelas que já realizaram algum tratamento para fertilidade ou mesmo quem está iniciando as tentativas de gestação espontânea. Algumas mulheres mal pensam em engravidar, param de se prevenir e como mágica, pouco tempo depois já estão grávidas. No entanto, é bastante normal que demore até um ano para um casal com menos de 35 anos e com boa saúde engravidar. 

Créditos: Pixabay

Sim! Você leu bem, um ano. 

 

A partir do momento que decidimos engravidar, olhamos à nossa volta e parecesse que todas ao nosso redor estão gravidas. Geralmente pensamos que logo no primeiro mês já teremos o “positivo”. Quando isso não acontece, a ansiedade tende a aumentar com cada mês que passa. Começamos a pesquisar e nos deparamos com um monte de informações de todos os tipos. Dicas para engravidar mais rápido, tabelinha, posições, chás, como observer muco, …  Ufa, um monte de coisas, é fácil se perder no meio disso tudo não é mesmo? 

E  como a doula pode me ajudar?

 

Uma doula é alguém que compreende a fisiologia do nascimento e presta apoio emocional e informativo, baseado em evidências científicas (sempre que possível), a outras pessoas durante  a gravidez, parto, pós-parto, ou em outras situações como na amamentação, pré-conceção ou perda gestacional.”

Créditos: Pixabay

Mesmo antes da gravidez, a doula tem um papel ativo no esclarecimento de dúvidas e no desenvolvimento pessoal de cada mulher e cada casal que se prepara para a maternidade.

Primeiramente a doula pode te ajudar a garimpar informações seguras e principalmente baseada em evidências científicas, sugerindo leituras, videos, etc.

Receber toda a preparação psicológica para não se frustrar com a demora em engravidar pode fazer toda diferença. Além disso, as doulas ajudam as tentantes a entenderem a gravidez de uma forma mais natural, sem tantas pressões sociais e necessidades impostas.

A doula também poderá  ajudar a entender melhor seu corpo, ciclo e hormônios. 

 

A gravidez começa muito antes da concepção

 

Além desse papel informativo, a doula proporciona também um suporte emocional. O período antes da concepção pode ser um momento de muita introspecção, onde o casal vai se descobrir pai e mãe, onde vão começar a sonhar tudo que desejam para seu filho, tudo que querem transmitir e ensinar. Tudo isso pode trazer algumas dúvidas, preocupações, e às vezes gerar uma certa ansiedade. Algumas pessoas carregam feridas que precisam ser fechadas antes de conseguir conceber um bebê. 

Esse período pode ser também um tempo para cuidar de você, para se enriquecer de sabedoria, e de boas energias. Estar em harmonia com você mesma, desde o momento da concepção, é tão importante quanto educar bem seus filhos.

Imagem de ElinaElena por Pixabay

Quanto mais a ansiedade aumenta, mais difícil fica de continuar na “bolha de amor”, e as vezes a relação até esfria… Nesses casos a doula pode também ser a pessoa que vai auxiliar o casal a esquecer um pouco  “o objetivo final” e focar na relação, no aqui e no agora, no “deixar rolar”.

Em alguns casos a desejo e ansiedade para engravidar vão crescendo tanto que se tornam uma obsessão. A doula poderá explorando com a tentante seu estado emocional e sugerir técnicas simples de apoio e/ou sugerir assistência profissional especializada.

 

É importante saber que doulas não são psicólogas ou parteiras. Elas estão presentes para auxiliar a família  no processo, mas o parto e problemas de depressão devem ser acompanhados por equipes especializadas. 

 

Ficou com mais alguma dúvida? É só deixar aqui nos comentários, vamos procurar te ajudar. 

  

Referências:

 

 

 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.