Falha do anticoncepcional, quais são as chances?

Compartilhe:

Loira do banheiro? It o palhaço? Monstros? Nada disso! Um dos maiores medos das mulheres principalmente no puerpério é a falha do método anticoncepcional escolhido, quem nunca ficou com medo ao ouvir que alguma conhecida mesmo grávida “menstruou” até o sexto mês? Ou que descobriu que estava grávida na hora do parto? (eu mesma presenciei uma história dessa bem de pertinho).

Gran Hermano Oops GIF by Mediaset España - Find & Share on GIPHY

Acredito que a maior fake News de todos os tempos é aquela que diz que só engravida quem quer! A realidade é que TODOS os métodos anticoncepcionais tem uma taxa de falha exceto a abstinência sexual e a histerectomia (retirada do útero), então qual opção nos resta? qual é a melhor? Quais podem ser usadas no puerpério? A amamentação é um método anticoncepcional?

Que opção eu tenho?

Palestra da Dra. Melania Amorim no siaparto 2019

Camisinha masculina e feminina, espermicida, percepção da fertilidade, coito interrompido, diafragma, pílula, injetáveis, DIU, laqueadura, e tantos outros são métodos anticoncepcionais, mas, nem todos são de fácil acesso, muitos não são disponibilizados no SUS (mesmo os que deveriam ser), outros precisam de profissionais qualificados pra fazer a medição (diafragma) ou a colocação (DIU e implantes), fora todas essas dificuldades ainda existe a falta de informação sobre o modo correto de utilizar cada método.

Cada método tem seus prós e contras por isso é importante consultar um profissional qualificado que leve em consideração as indicações para o seu caso, o seu bem estar e a sua rotina de vida antes de escolher.

Amamentação como anticoncepcional?

Amamentação como método anticoncepcional
por wikipedia.org

Sim, a amamentação pode ser uma escolha de método contraceptivo, porém existem muitas ressalvas nesse assunto, para ser um método eficaz só pode ser usado nos primeiros seis meses pós-parto, o bebê deve mamar exclusivamente no peito e mamar em livre demanda, e ainda sim esse método só é considerado eficaz enquanto a mulher não volta a menstruar, para quem não quer engravidar de forma alguma nesses primeiros meses pós parto é legal aliar mais de um método.

Métodos de barreira

No uso típico os métodos de barreira têm cerca de 90% de eficácia, sendo que a camisinha feminina e masculina protege contra doenças sexualmente transmissíveis, outro ponto positivo dos métodos de barreira é que eles não têm risco de diminuir ou perder a eficácia com a ingestão de outros medicamentos, e eles podem ser usados juntos com outros métodos como o DIU ou os métodos hormonais aumentando a proteção anticoncepcional.

Esses métodos não têm efeitos colaterais e podem facilmente ser usados por quem tem risco de trombose e por quem está amamentando.

Percepção da fertilidade e coito interrompido

gráfico de temperatura basal arquivo pessoal

Com cerca de 75% de eficácia esses dois métodos muitas vezes são utilizados juntos, a percepção da fertilidade como o próprio nome já diz consiste em observar os sinais do seu corpo (muco cervical, temperatura, altura, espessura e abertura do colo do útero, entre outras coisas) e aprender a identificar quando se está no período fértil, e durante esse período não fazer sexo ou aliar outros métodos, A percepção da fertilidade é bem bacana mesmo para quem utiliza outros métodos pois ajuda a observar e entender melhor o próprio corpo.

Métodos hormonais

wikipedia.org

Os mais comuns são as pílulas e a injeção mas, também existe o DIU hormonal (próximo tópico), o anel , o adesivo, e outros, a taxa de eficácia desse métodos (exceto o DIU) varia de 90% a 95% porém não são todas as mulheres que podem fazer o uso desses anticoncepcionais, deve ser levado em consideração o histórico médico principalmente para o risco de trombose e deve se tomar cuidado com a ingestão de outros medicamentos que podem diminuir ou cortar o efeito desse método,  o lado positivo é que essas opções são mais fáceis de encontrar e são mais acessíveis.

Para o pós parto existe anticoncepcionais hormonais compatíveis com a amamentação.

DIU de cobre e hormonal

wikipedia.org

Ambos são uma excelente opção para quem quer um método com uma taxa bem mais alta de eficácia, mas, existe um preconceito bem grande com os dois, diria que com o DIU de cobre isso seja um pouco maior, e esse medo todo se dá devido a fase de adaptação aonde grande parte das mulheres relatam aumento do fluxo menstrual, cólica, inchaço etc.

A maioria desses efeitos colaterais passa em alguns meses e existem DIU combinado de cobre e prata que promete diminuir esses efeitos colaterais, todas essas opções de DIU podem ser usadas por adolescentes, mulheres nulíparas (mulheres que não tem filhos) e puérperas (mulheres que acabaram de ter filhos), inclusive para esse ultimo caso o DIU pode ser colocado no pós-parto imediato.

O DIU de cobre tem uma taxa de falha de 8 em 1000 casos e uma duração de 5 anos  e o DIU hormonal de 2 em 1000 casos e uma duração de 10 anos, ambos se equiparam a taxa de falha da laqueadura e da vasectomia.

Vasectomia e laqueadura

Por incrível que pareça não são métodos com 100% de eficácia, na verdade a laqueadura tem uma taxa de falha de 5 em cada 1000 casos e a vasectomia de 1,5 em cada 1000 casos, uma excelente opção para quem não quer (mais) filhos mas, ainda é complicado de se conseguir pelo sus, principalmente para as mulheres, as exigências passam por ter 2 ou mais filhos e/ou ter mais de 25 anos e ter a autorização do marido (no caso de ser casada), infelizmente para as mulheres que não tem filhos essa opção é praticamente inviável por conta da burocracia, já a vasectomia passa apenas pelos dois primeiros critérios e é uma cirurgia bem mais simples e com uma recuperação mais rápida que a laqueadura.

Filhos? de jeito nenhum!!!

Sign Of The Cross Television Gif By RealitytvGIF - Find & Share on GIPHY

Se só de pensar em ter (mais um) filho você já sente aquele calafrio não se preocupe, você não vai precisar entrar para um convento, o ideal é aliar dois ou mais métodos (consulte o seu médico), assim você diminui imensamente a taxa de falha e vai poder dormir mais tranquila, e mesmo que você não queira usar o método de percepção da fertilidade como anticoncepcional é muito bacana você começar a usar para conhecer o seu corpo e assim ficar mais tranquila com a eficácia dos outros métodos.

O melhor seria pesquisar mais sobre cada método que chamou sua atenção, ver quais deles podem ser usados juntos e levar esses questionamentos na sua próxima consulta, outra dica bacana na hora de escolher quais métodos combinar é que a camisinha protege contra DST’s e pode ser combinada com todos os outros métodos (exceto com outra camisinha, não dá por exemplo pra usar camisinha feminina e masculina ao mesmo tempo), e se você é do time que não gosta das camisinhas por causa da textura ou por que o parceiro reclama que é desconfortável vale procurar as camisinhas de outros tamanhos, outros materiais e de outras espessuras (existem camisinhas extremamente finas), se você ainda está torcendo o nariz para a ideia da camisinha então dá uma chance para as camisinhas femininas, elas permitem uma maior sensação e tem a praticidade de poder ser colocada até oito horas antes do sexo.

Você pode conhecer mais sobre o meu trabalho e participar de um grupo VIP de atendimento clicando aqui.

Quer saber mais?

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.