7 dicas de amamentação para seu bem estar

Compartilhe:

Uma boa parte das gestantes não costuma se preocupar ou pensar em como será a amamentação antes do bebê nascer, pois a grande maioria possui a idéia de que é algo instintivo e que fluirá naturalmente…SQN!!!

Gestação
Foto Fernanda Christofanelli

A amamentação feita da maneira correta é um evento que se aprende e na maioria dos casos para que se estabeleça é preciso apoio e informações com boa QUALIDADE é claro!!

Sendo assim o apoio de pessoas próximas ( companheiro, amigos e familiares) e profissionais como: consultoras de amamentação, fonoaudiólogas e pediatras pró- aleitamento materno se tornam importantes nesse momento, especialmente diante de dificuldades como: fissuras mamilares, mastite, leite empedrado, frênulo lingual, prematuridade, entre outros.

Gestação
Foto Fernanda Christofanelli

Dicas básicas para o sucesso na amamentação.

1- Oferecer apenas o leite materno no seio ou em copinhos, pois mesmo as mamadeiras e chupetas mais modernas do mercado podem causar confusão de bicos e dessa forma influenciar na pega do bebê, ocasionando as fissuras mamilares no seio da mãe.

2- Amamentar em livre demanda, sempre que o bebê solicitar e por quanto tempo for preciso. Isso além de manter uma boa produção auxilia também na prevenção de ingurgitamento mamário e mastites.

3- Ter o auxilio de uma rede de apoio para que a mãe possa descansar e se alimentar adequadamente, pois sem isso o desgaste é grande.

4- Confiar no seu corpo e saber que da mesma forma que ele foi capaz de gerar uma vida, ele também é capaz de nutrir esse bebê da mesma forma após o nascimento.

5- Frequentar grupos de pós-parto e de apoio à amamentação.

6- Pesquisar, ler e se informar muito durante a gestação.

7- E acima de tudo ter paciência, pois amamentar é um exercício da presença onde a ocupação é o amor .

Amamentação
Foto Fernanda Christofanelli

E porque amamentar não é mais fácil ?!

A maioria de nós crescemos e vivemos na cultura da mamadeira e que infelizmente ainda está muito impregnada na nossa sociedade. Estamos acostumadas a ver bebês tomando mamadeira, e assim (inconscientemente) muitas mães tendem a posicioná-los no peito como se eles fossem tomar mamadeira por exemplo.
Além disso vivemos em uma sociedade que não suporta ouvir um bebê chorar e uma boa parte das pessoas constatam que o choro é de fome, incentivando assim o uso da mamadeira e do leite artificial pra “facilitar” a vida da mãe, ao invés de apoiar e auxiliar a mãe pra que dessa forma a amamentação se estabeleça.

Até mesmo no momento do parto escolhas a respeito de analgesia ou via de nascimento estão sujeitas a gerarem um impacto no sucesso da amamentação.
Outra questão é o contato pele-a-pele após o nascimento, estudos revelam que isso influencia em uma maior probabilidade no sucesso amamentação exclusiva .

Danilza e Elis na golden hour
Foto Letícia Monteiro

Sendo assim nossas escolhas de como amamentamos..se em livre demanda ou com horários rígidos; se dormimos perto dos nossos bebês ou não; se usamos chupetas e mamadeiras ou apenas o seio materno…tudo isso são escolhas e somos livres para fazê-las. Mas não podemos fechar os olhos para os possíveis impactos que algumas dessas escolhas podem gerar.

Portanto estude, se informe, seja consciente e busque apoio se for preciso, fazendo as melhores escolhas sempre, você e seu bebê merecem!!

Referências bibliográficas:

https://revistacrescer.globo.com/Colunistas/Lilian-Kuhn/noticia/2019/03/amamentacao-preparacao-e-acesso-informacao-sao-cruciais.html

http://grupovirtualdeamamentacao.blogspot.com/2014/01/como-aumentar-as-chances-de-ter-sucesso.htmlm=1

http://grupovirtualdeamamentacao.blogspot.com/2016/05/estou-gravida-e-quero-saber-como-me.html?m=1

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.