Desmame gradual e gentil, é possível!

Compartilhe:

Começo dizendo que sou contra passar coisas no seio e dizer que machucou. Sou contra o desmame abrupto, de uma hora pra outra… Mesmo sendo contra, entendo perfeitamente as mães que fizeram isso! Entendo sim, pois chegamos num nível de cansaço e esgotamento físico e mental que daríamos qualquer coisa por alguma horas de sono!

Amamentação existe desde os tempos mais remotos! Essa estátua estava com sono (olhe bem seus olhos)

O desmame não significa que o bebê vai dormir a noite toda

Ah, pronto. Lá vem essa doula doida dizendo que nunca mais vou dormir.

Calma, gente. Uma hora acontece. Só não sei quando.

A única coisa que posso afirmar é que o bebê acorda a noite por vários fatores: frio, calor, sede, fome, medo… Se ele continuar mamando ou não, ele vai continuar acordando!

Sério isso?

O começo

A Organização Mundial de Saúde recomenda amamentar até os 2 (dois) anos de vida do bebê. A fase oral vai até os dois anos. Eles precisam desse tempo para o bom desenvolvimento dos músculos oro faciais. Devemos entender e, na medida do possível, respeitar esse tempo.

Ah, esse início do desmame. O dia em que a gente toma a decisão de não amamentar mais… Esse dia vai chegar, seja por cansaço ou porque ambos decidiram que está na hora do fim.  Mas o sentimento é de dualidade, não é mesmo? Ao mesmo tempo que você ama amamentar, sua cabeça está precisando de um tempo de descanso…

Cabeça da mãe pensando que vai dormir a noite toda

Como fazer um desmame gradual e gentil

Simples: com paciência. Nenhum desmame acontece da noite para o dia.

Sim, eu sou mãe e entendo o que você está pensando. Eu sei que você está cansada. Mas entenda também que seu bebê é apenas um bebê, ele não entende se hoje tem o mamá e amanhã não tem… Ele pode até achar que machucou a mamãe, e isso causa danos psicológicos muito complicados!

 

Entendendo isso, vamos começar:

Você deve ter em mente que vai precisar de ajuda nos primeiros dias. É normal o bebê querer mamar, afinal, ele gosta muito disso. Lembre-se que peito não é só leite: é carinho, amor e aconchego.

Coloque uma meta: iniciar em tal e terminar até tal dia.

Tire uma mamada por semana, sempre explicando para o bebê o que está acontecendo. Eles entendem!

Chegou o dia da última mamada? Tire foto, registre esse momento! Você vai sentir falta!

Acabou o processo? C O M E M O R E!

E, se precisar de ajuda, me procure!

desmame
Desmame da Heloísa – Minha última foto amamentando a pequena, com 2 anos e 3 meses (Arquivo pessoal)

Referências bibliográficas

Pastoral da Criança Desmame: Um processo natural

https://www.pastoraldacrianca.org.br/amamentacao/desmame-um-processo-natural

Duração ideal do aleitamento materno exclusivo https://www.cochrane.org/pt/CD003517/duracao-ideal-do-aleitamento-materno-exclusivo

Livro Amamentação: Bases Científicas Prof. Marcus Renato de Carvalho, IBCLC e Dra Cristiane Gomes, IBCLC

Doulas recomendam:

Os 10 livros “top” para se preparar pa... A base para o empoderamento feminino é o conhecimento. Tá ai, algo que ninguém te tira ou quantifica. Segue uma lista de livros bacanas sobre ges...
Os riscos da cesariana eletiva No Brasil, a maioria dos bebês tanto na rede pública quanto na particular ainda nasce por cesariana. A cesárea é uma cirurgia de grande porte que salv...
Será mesmo que o cordão é o vilão? O que é o cordão umbilical Ele se forma já na quinta semana de gestação, junto com a placenta, e é responsável pelo transporte de sangue da placenta ...
Plano de parto como ferramenta de empoderamento Você sabe o que é plano de parto? Plano de Parto é uma ferramenta para te ajudar a fazer escolhas conscientes no parto, comunicar a equipe e garantir ...
Compartilhe:

2 respostas para “Desmame gradual e gentil, é possível!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.