O que não dizer a uma gestante!

Compartilhe:

Está convivendo com alguma gestante? Veja o que não dizer a uma gestante nessas 5 frases extremamente comuns.

Shhhhhhh!

Que peito pequeno! Ixi, será que você vai ter leite?!

Antigamente acreditava-se que seios fartos = abundância de leite. Isso é um mito, pois o tamanho do seio está correlacionado com a quantidade de gordura na mama. Já a produção de leite depende da glândula mamária – que é praticamente do mesmo tamanho em seios P, M, G ou GG.

Histórias de horror sobre o parto!

Nossa, eu conheço uma amiga da prima da vizinha da tia que…
Qual a necessidade de contar histórias trágicas do parto a uma gestante, meu povo? Sei que muitas vezes a intenção é de alertar, há uma preocupação por trás da fala, mas que tal empoderar e apoiar a decisão da mulher? Sabemos que há riscos inerentes do processo de gerar e parir, mas certos comentários só trazem medo e insegurança desnecessários para o momento. Aqui vale o “troco sua história de horror por um pacote de fraldas” que é bem mais útil!

Nossa, quanto você engordou/não engordou?!

Fonte: Pixabay

Pra quê essa curiosidade?! Sensibilidade e empatia mandam lembranças…
Não sabemos como a gestante está lidando com as mudanças corporais e pra quê querer saber, e de certa forma trazer um conceito de certo e errado no ganho de peso daquela mulher?

Jura que você vai fazer uma cesárea? É loucura…
Jura que você vai ter parto normal? É loucura…

Na verdade, eu vou chamar a cegonha e num passe de mágica essa criança estará nos meus braços!
Sim, não haverá um consenso diante da escolha da gestante. Sempre terá o time pró-cesárea e o time pró-parto normal. Cabe a gestante se informar muito e fazer suas escolhas baseadas no que considera o ideal para si. Nessa escolha (e em todas as outras) não cabem  julgamentos externos. A forma de nascer não faz ninguém mais mãe ou menos mãe e optar por parto normal não é coisa de índio, tá bom?

Quando eu estava grávida, eu xxxxx…

Ahh a comparação! Pra que comparar seres incomparáveis, hein?! Cada mulher é um universo particular, cada gestação é única e nossa individualidade precisa ser respeitada.

Junto com essa frase sempre surge “ah, mas na minha época não era assim ou na minha época eu fazia…”. Tudo muda no mundo o tempo todo, já dizia Lulu Santos, isso é fato! Hoje temos acesso a muitas informações que eram inexistentes na época das nossas mães e avós. E tudo bem! Mesmo tendo dado certo no passado, é possível experimentar novas formas de maternagem, desenvolver a sua forma de cuidar do seu filho. Sem essa de conceitos de certo e errado que estão enraizados em crenças passadas de geração a geração.

Empatia, segundo o dicionário Michaelis:

1 PSICOL Habilidade de imaginar-se no lugar de outra pessoa.
2 PSICOL Compreensão dos sentimentos, desejos, ideias e ações de outrem.
3 Qualquer ato de envolvimento emocional em relação a uma pessoa, a um grupo e a uma cultura.
4 Capacidade de interpretar padrões não verbais de comunicação.
5 Sentimento que objetos externos provocam em uma pessoa.

 

Fonte: Pixabay

Vamos imaginar uma mulher que está esperando o seu primeiro bebê. Além do vai-e-vem hormonal dentro dela, há medos, tensões relacionadas ao desconhecido, inseguranças, mesmo se a gestação foi planejada e a alegria de gestar paira no ar.

Sabe do que essa mulher precisa? De empatia! Ela precisa ser ouvida e não bombardeada com perguntas desnecessárias ou julgamentos acerca de suas escolhas. Ela precisa de uma escuta compassiva. Ela precisa de apoio. Quando não souber o que falar, não fale! Sorria…

Referências

Rosenberg, Marshall B. Comunicação não violenta: técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais. São Paulo: Ágora, 2006.

Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa – https://michaelis.uol.com.br/moderno-portugues/busca/portugues-brasileiro/empatia/

Os significados do cuidado na gestação – http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2177-093X2015000100010

Doulas recomendam:

Gravidez tardia, aos 40 + é possível? A gravidez tardia ainda é um assunto encarado como tabu por muitas pessoas. Contudo, o prolongamento da juventude e a melhora da qualidade de vida inf...
Uso do óleo essencial de lavanda no trabalho de pa... Quem nunca ouviu uma doula falando "tem cheiro de lavanda!!!" para se remeter ao aroma predominantemente sentido durante um partejar?! Posso apostar q...
Alimentação ideal para as fases da gestação Foto: Gety Images A gestação é um período de crescimento e desenvolvimento rápido do feto, que impõe à mãe imensas necessidades fisiológicas, meta...
Conhecendo a dor do parto   Quando uma mulher fala que quer ter seu bebê de parto normal, é muito comum escutar…  "Uau que coragem?!" A coragem é atribuída a nós mulh...
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *