Trabalho de parto demorado

Compartilhe:

Muitas mulheres se assustam com a ideia de passar por um trabalho de parto demorado, algumas usam deste argumento para já optarem por uma cesariana, afinal encarar um trabalho de parto longo e nem saber se vai ter um parto normal não, né?

Bom, primeiramente é preciso saber que existem muitos benefícios de passar por um trabalho de parto, incluindo a garantia de que você não está tirando o seu bebê da barriga prematuramente e que o colostro (líquido amarelo e espesso que vem antes do leite para nutrir o bebê) vai descer mais rápido. Os benefícios são muitos e não tem preço, mas vamos falar disso em um outro texto, se não fugimos do assunto.

Hoje eu quero mesmo é desmistificar a ideia de que o parto demorado é sinônimo de sofrimento.

Dor não significa sofrimento
Quando a gente se exercita, pratica intensamente um esporte que gosta, a tendência é sentirmos dores musculares eventualmente, certo? Porém ninguém vê isso como sofrimento, a não ser que esteja praticando uma atividade a força, sem gostar e sem ver o propósito final.

parto demorado
foto de Paula Cayres Fotografia https://www.instagram.com/paulacayresfotografia/

O mesmo se aplica para o trabalho de parto. Uma mulher que quer ter um parto normal e compreende os inúmeros benefícios para ela e para seu bebê pode até sentir dor no trabalho de parto, porém, se ela estiver bem amparada por pessoas que a respeitam, ela provavelmente não verá aquela experiência como sofrimento.

É preciso preparo para o parto
Existem algumas deusas abençoadas por aí que conseguem parir sem sentir dor (é sério!), mas já te digo que não é algo comum.
Para parir é preciso se preparar fisicamente, psicologicamente e emocionalmente (falei um pouco disso no meu último texto). Informação, informação e informação, se possível desde antes de engravidar.
A desinformação gera medo. Se você não entende a fisiologia do parto, não sabe quais são os seus direitos e suas opções durante o trabalho de parto, você vai acabar ficando a mercê do que o médico sugerir quando bem entender. E infelizmente no nosso país atualmente, as chances de você acabar nas mãos de um médico que visa mais os próprios interesses do que o seu bem-estar, são muito grandes.

Mas eu tenho boas notícias pra você. Têm algumas coisas que você pode fazer para tentar diminuir o tempo do seu trabalho de parto:

• Elimine o consumo de farinha branca e açúcar a partir da 36ª semana de gestação.
É difícil para algumas mulheres, mas se puder já cuidar da alimentação desde o início da gestação isso vai ficar mais fácil. Não precisa deixar de comer totalmente, mas modere.
Mulheres que eliminam a ingestão desses alimentos tendem a ter um trabalho de parto mais curto e com menos dor. Entenda melhor aqui como o consumo desses alimentos afetam o trabalho de parto.

• Coma tâmaras!
Já existem alguns estudos indicando que o consumo de 6 tâmaras por dia a partir da 36ª semana de gestação podem refletir em um trabalho de parto mais curto. Então vamos usar a criatividade e colocar as tâmaras no menu todos os dias!

• Analgesia
Lembre-se que você pode fazer o uso da analgesia durante o trabalho de parto se quiser, é seu direito! Mas é importante que você entenda de antemão qual o melhor momento para que a analgesia seja administrada e quais são as possíveis consequências do uso dela.

• Escolha cuidadosamente as pessoas que te acompanharão
Falando de maneira bem rápida e rasa, se você não estiver rodeada de pessoas que respeitam as suas escolhas e te amparam, seu corpo tenderá a produzir adrenalina. Este hormônio irá fazer com que a produção de ocitocina caia e as contrações não sejam tão eficientes, e consequentemente, o trabalho de parto será mais longo.

parto demorado
foto de Paula Cayres Fotografia https://www.instagram.com/paulacayresfotografia/

Não tema o trabalho de parto longo, tema a má assistência.
Você não tem como controlar a duração do seu trabalho de parto, ninguém consegue prever isso. Pra que sofrer antecipadamente por algo que não sabe se vai acontecer? Você só estará produzindo uma quantidade desnecessária de adrenalina no seu corpo, gerando uma ansiedade que só vai atrapalhar. E se seu trabalho de parto for rápido, vai ter passado por tanta ansiedade pra nada?

Acredite, é muito mais traumatizante passar por um trabalho de parto rápido, mas com má assistência, do que um longo com uma assistência respeitosa.

Doula Carla Rodrigues

REFERÊNCIAS
O efeito do consumo de tâmaras no final da gestação para o trabalho de parto e parto https://www.ncbi.nlm.nih.gov/m/pubmed/21280989/
Consumo de farinha branca e açúcar https://blog.casadadoula.com.br/2018/06/21/doces-e-farinha-branca-viloes-do-tp/
Estado emocional no trabalho de parto https://blog.casadadoula.com.br/2018/06/21/estado-emocional-no-parto
Efeitos colaterais do uso da analgesia peridural no trabalho de parto https://www.nhs.uk/conditions/epidural/side-effects/

Compartilhe:

3 respostas para “Trabalho de parto demorado”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.