Gravidez tardia, aos 40 + é possível?

Compartilhe:

A gravidez tardia ainda é um assunto encarado como tabu por muitas pessoas. Contudo, o prolongamento da juventude e a melhora da qualidade de vida influenciam na programação de vida das pessoas, gerando um “novo planejamento familiar”.

Origin Family – Centred Maternity Hospital

Historicamente, no Brasil, como em todo o mundo, existem mulheres que engravidam tardiamente. Desde as últimas décadas do século XX, observa-se um número crescente de mulheres que passam por essa experiência com mais de 35 anos.

Os motivos para postergar a gravidez variam, incluindo o desejo das mulheres de investir na carreira educacional e profissional, adiar o casamento, casar de novo, ampla disponibilidade de métodos anticoncepcionais, problemas relacionados à infertilidade, entre outros.

A questão é perceber se existe o desejo real de ser mãe e se essa vontade não está se confundindo com uma cobrança social. Cuidar de um filho é uma grande responsabilidade e, por isso, uma gravidez deve ser muito desejada, para que, futuramente, não haja frustração.

Todos nós já ouvimos falar algo sobre a gravidez tardia! Existem riscos aumentados sim, mas também existem muitos casos bem-sucedidos. Eu mesma faço parte desta estatística de sucesso com uma gestação aos 41 anos de idade.

Mas é muito importante sabermos dos riscos associados a esta decisão.

Para o feto: anomalias cromossômicas, sofrimento fetal, internação em UTI, restrição do crescimento fetal e óbito fetal.

Para a gestante: hipertensão arterial, diabetes mellitus, mioma uterino e também maior possibilidade de parto prematuro.

Contudo, com o avanço da medicina, uma gestação acima dos 40 anos é uma possibilidade cada vez mais segura. Hoje, existem vários tratamentos que as mulheres podem fazer para aumentar a fertilidade. Além disso, também há aquelas que preservam os seus óvulos para serem usados na hora correta.

E, se a futura mamãe tiver a seu favor boa saúde, boa alimentação, peso adequado, vida saudável e cuidados pré-natais, as perspectivas de uma gestação tranquila e sem intercorrências aumentam muito.

Desenvolvimento fetal

E uma vez que a gestação ocorra normalmente, não há contraindicações para o parto normal.

Tanto a natureza como a tecnologia podem ajudar os casais a conseguirem uma gestação em idade mais avançada, mas é sempre bom lembrar que a maior parte da literatura considera que a idade ideal para ter filhos está entre 20 e 29 anos. E sobre a idade materna avançada para a gravidez, não existe consenso. Há quem considere até 35 anos. Outros 40 anos e até 45 anos ou mais.

Qual idade limite para engravidar naturalmente?

Para entender melhor esta possibilidade podemos falar de climatério, que é o período que marca o final da vida reprodutiva da mulher e costuma se iniciar após os 40 anos de idade.

Durante o climatério, a menstruação pode continuar normalmente, mas começa a assumir um ritmo irregular. Em um mês a mulher pode ovular e no outro não. Essa condição se mantém até a mulher de fato entrar na menopausa.

No climatério, cria-se a falsa ideia de que a mulher não é mais fértil e muitas passam a não usar os métodos contraceptivos ou não tem mais tanto cuidado na utilização deles como antes. Porém, a chance de engravidar naturalmente ainda existe neste período, mesmo sendo menor após os 40 anos, uma vez que a queda da fertilidade se intensifica após os 35.

Jackie Goulart Fotografia

Mas, como já havíamos dito, não há consenso médico sobre até quando engravidar.

Claro que cada caso é um caso. Sabemos que cada vez mais mulheres têm filhos após os 40 anos de idade, apesar de sua fertilidade decair naturalmente. Há até mulheres que engravidam sem planejamento e naturalmente aos 50 anos.

Lembram, eu entrei para a estatística engravidando pela 1ª vez aos 41 anos e sem tratamento ou preparo prévio. Tudo por aqui deu muito certo, mas quanto mais eu leio sobre o assunto gravidez tardia, mais, eu tenho certeza que uma vez que se decida por postergar a gestação para uma idade mais avançada é importante ter cautela e avaliar todo o cenário e possibilidades.

É um momento muito especial da vida da mulher e da família e quanto mais preparada estivermos melhores as chances de uma gestação acontecer e ser bem-sucedida e feliz.

Ser mãe depois de 40 anos é um sonho possível!

De fato, a gravidez tardia já é uma realidade do mundo de hoje, ainda assim, trata-se de uma gravidez que requer cuidados extras. “O ideal é que a gestação seja planejada, com acompanhamento já antes da concepção. No primeiro e último trimestre, deve haver mais consultas de pré-natal. Mas, no geral, se o casal fizer tudo certinho, não há grandes problemas”, afirma o ginecologista e obstetra Soubhi Kahhale, do Hospital e Maternidade São Luiz Itaim (SP).

Daniela Nicolini Fotografias

E temos também uma ótima notícia! A mulher que faz a opção de engravidar após os 35 anos pode comemorar: um estudo divulgado pelo Journal of the American Geriatrics Society aponta que as mães que têm filho nessa faixa etária ficam mentalmente mais ativas quando envelhecem. Isso porque o aumento dos hormônios relacionados à gestação traz benefícios para o cérebro em longo prazo. “Essa pesquisa traz fortes evidências de que há uma associação positiva entre a gravidez tardia do último filho e melhores habilidades cognitivas na terceira idade”, ressalta a pesquisadora Roksana Karim, que liderou o estudo.

Então, por que não?

 

Referências Bibliográficas:

Saiba tudo sobre gravidez em idade avançada

https://www.greenme.com.br/viver/saude-e-bem-estar/2830-saiba-sobre-gravidez-em-idade-avancada

Quais os riscos de uma gravidez acima dos 45 anos de idade?

http://aps.bvs.br/aps/quais-os-riscos-de-uma-gravidez-acima-dos-45-anos-de-idade/?post_type=aps&l=pt_BR

Como é a gravidez tardia?

https://www.abc.med.br/p/gravidez/795049/como+e+uma+gravidez+tardia.htm

Experiência da gravidez após os 35 anos de mulheres com baixa renda

http://www.scielo.br/pdf/ean/v13n2/v13n2a21

Gravidez depois dos 35 anos: uma revisão sistemática da literatura

http://www.reme.org.br/artigo/detalhes/73

Compartilhe:

2 respostas para “Gravidez tardia, aos 40 + é possível?”

  1. Quanta informação realmente a gravidez tardia deixou de ser aquele medo. Só aplausos ….

Deixe uma resposta para Doula Cris Emboaba (SP) Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.