Gravidez é saúde: Conheça as vantagens da atividade física na gestação

Compartilhe:

A gestação é um momento muito importante na vida da mulher e por isso os cuidados com a saúde devem receber uma atenção especial  nesse período. Sendo assim a prática de atividade física nessa fase é uma das formas de melhorar a qualidade de vida da mãe e do bebê que está por vir.

Houve um tempo que se acreditava que a mulher deveria parar de se exercitar durante a gravidez, sendo considerado um período de confinamento e repouso mesmo no caso de gestação de baixo risco.

No entanto e 2002 os médicos do American College of Obstetricians and Gynecologists (ACOG)  começaram a reconhecer a atividade física para gestantes (de baixo risco)  como algo seguro e saudável, recomendando pelo menos trinta minutos de exercício por dia, mesmo se a mulher for sedentária,  pois pesquisas demonstram que o exercício ajuda independentemente do quanto a mãe era ativa antes da gestação ou não.

Atividades físicas mais recomendadas durante a gestação.

Atividade física na gestação
Por f9photos                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                  É bem comum entre as gestantes surgirem dúvidas a respeito de qual tipo de atividade física é mais apropriada durante a gravidez. A falta desse conhecimento pode até afastar as gestantes, que às vezes tendem a evitar ao invés de praticar atividade física na gestação. Vejam algumas sugestões de exercícios físicos que podem ser considerados:

Das aeróbicas

– Caminhada;

–  Atividades aquáticas como hidroginástica e natação, que também reduzem o inchaço corporal;

– Dança.

De relaxamento

– Yoga;

–  Alongamento ;

– Meditação.

De força

– Pilates.

– Antiginástica, método de bem estar criado pela fisioterapeuta francesa Thérèse Bertherat, autora também do livro para grávidas Quando o Corpo Consente. Durante as sessões a futura mamãe aprenderá a desenvolver mais confiança em si e na sua força natural, preparando seu corpo para acolher, acompanhar e dar à luz ao seu bebê.

Estudos revelam que caminhadas rápidas durante 5 horas por semana  reduzem em 75% o risco de diabete gestacional. Uau!! Então, bora se mexer!!

Alerta! Não são recomendadas atividades com risco de queda, como ciclismo, cavalgada e escalada.

Atenção!! Sabe-se que existem complicações na gestação para qual o repouso é imprescindível, por isso é muito importante falar com seu obstetra antes de começar um programa de exercícios.

Se exercite durante a gestação!

O efeito das atividades físicas durante a gestação são inúmeros. Entre os principais benefícios para a gestante estão:

– Mais disposição;

– Redução dos enjoos;

– Prevenção e redução de lombalgias e dores nas costas;

– Melhora da circulação sanguínea;

– Fortalecimento da musculatura pélvica;

– Redução de partos prematuros e cesáreas;

– Prevenção de diabetes gestacional;

– Prevenção da hipertenção arterial (pressão alta);

– Diminuição da ansiedade e estresse;

– Controle no ganho de peso.

No entanto, na gestação a prática de atividade física ainda não é algo comum, pois muitas mulheres têm receios quanto à segurança da execução, necessitando de incentivos constantes, principalmente dos profissionais que as atendem durante o pré-natal. No pós-parto, introduzir a prática de exercícios na rotina das mulheres é ainda mais desafiador, diante da demandada com o recém-nascido. Entretanto, mulheres que são ativas na gestação tendem a se manter ativas também no pós-parto, o que é muito bom também e falaremos disso em um próximo post com mais detalhes…

Importante!!! A atividade física na gravidez deve ser acima de tudo prazerosa e relaxante, buscando sempre respeitar as limitações do corpo e estando sempre atenta aos sinais como: dores no corpo, tonturas, contrações uterinas (fora de pródomos ou TP), sensação de desmaio, palpitações e cansaço excessivo, sendo esses indícios de que é preciso dar uma pausa.

O bebê também se beneficia com o exercício da mamãe!

Atividade física na gestação
Por Eveline Dias

Estudos revelam que o aumento da circulação sanguínea na placenta provocada pelos exercícios aeróbicos melhora a oxigenação do bebê no útero, o que favorece o seu desenvolvimento cerebral. Demais né!

E mais! Pesquisas realizadas com crianças cuja as mães foram ativas durante a gestação, comparadas com crianças de mães sedentárias, demonstraram diferenças significativas no QI e em testes de linguagem, ou seja, os filhos de mães ativas tiveram melhores resultados!! E veja que interessante…Observações inéditas realizadas à longo prazo sugerem que anos depois o desempenho acadêmico dos filhos de mães ativas na gestação, tendem a ser mais satisfatórios do que a de filhos cujas mães foram sedentárias durante a gestação. Incrível!

Sendo assim é importante que as mulheres compreendam os benefícios da atividade física na gestação, que vem desde reduzir os riscos de doenças na gravidez , bem como na melhora da sua saúde física, mental e a de seus bebês também! E dessa forma se sentirem mais confortáveis sendo ativas.

Referências bibliográficas:

Corpo ativo mente desperta: a nova ciência do exercício físico e do cérebro. (Dr. John J. Ratey e Eric Hagerman). Editora: Objetiva.

Exercício físico e gestação http://www.scielo.br/pdf/rbgo/v36n12/0100-7203-rbgo-36-12-0531.pdf

http://profissional.universoef.com.br/container/gerenciador_de_arquivos/arquivos/190/atividade-fisica-e-gestacao.pdf

Para conhecer mais a respeito da Antiginástica

https://antigymnastique.com/pt-pt/praticien/spagnuolo-gadelha-laura

www.antiginastica.com

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.