O Falso Trabalho de Parto

Compartilhe:

Muitas pessoas gestantes tem medo de não conseguir identificar o início do trabalho de parto ou de confundir com um falso trabalho de parto. Esse medo está atrelado à possibilidade de não chegar a tempo na maternidade (o que significa não estar assistida pelos profissionais de saúde) ou, ao contrário, de chegar cedo demais na maternidade (o que significa sofrer mais pressão pra parir logo e mais intervenções não desejadas no parto).

E não é o medo mais louco de se ter não – acontece.

Aquele raro parto a jato..rs

Se por acaso você tiver um trabalho de parto muito rápido, ser capaz de diferenciar entre um falso trabalho de parto e um verdadeiro trabalho de parto pode ser a diferença entre parir desassistida (o que eu não recomendo, registre-se) e você chamar a sua equipe ou chegar ao hospital ou maternidade a tempo.

Da mesma maneira, se você tiver um falso trabalho de parto – também conhecido como pródromos – ser capaz de diferenciar entre isso e um verdadeiro trabalho de parto pode evitar uma internação hospitalar muito precoce. O que no Brasil acontece muitooooo com mulheres que vão parir pela primeira vez e é um prato cheio pra uma cascata de intervenções desnecessárias, incluindo cesáreas desnecessárias e até mesmo um facilitador pra violência obstétrica.

Então, vamos aprender a diferenciar o Falso Trabalho de Parto do Verdadeiro Trabalho de Parto?

Aprendendo a identificar o falso trabalho de parto

À medida que a gestação avança, a partir das 20 semanas, você pode começar a sentir sua barriga contrair involuntariamente – essas são chamadas contrações de Braxton Hicks, que eu já falei um pouco nesse texto aqui. Elas NÃO são dolorosas e NÃO empurram o seu bebê em direção ao canal do parto…são apenas seus músculos se preparando para isso. Tipo um test drive!

Já o falso trabalho de parto, ou os pródromos são um pouquinho diferentes. À medida que você começa a sentir contrações no termo da gestação ou próximo do termo e elas são dolorosas, você pode facilmente confundi-las com contrações reais de trabalho de parto. Mas…há certas coisas que diferenciam o falso TP do TP verdadeiro…

Elaborei este quadrinho para te ajudar a identificar se o que você está sentindo é trabalho de parto de verdade ou se ainda vai levar mais um tempinho até a chegada do seu bebê!

Sabendo identificar os pródromos, ou o falso trabalho de parto, você provavelmente se sentirá muito mais no controle do seu corpo e entenderá quando é a melhor hora de ir pra maternidade!

Uma doula pode te ajudar muito nesse aprendizado durante a gestação. Além disso, temos um olhar treinado e muita prática para observar a mulher como um todo e perceber outros sinais que ajudam a diferenciar um falso trabalho de parto de um verdadeiro.

Lembrando que:


  1. Cada gestante é um indivíduo único e terá um trabalho de parto único também. Mas, a grande maioria vai vivenciar certas etapas que são fisiológicas e típicas de um trabalho de parto verdadeiro, principalmente no primeiro parto!
  2. As Diretrizes de Assistência ao Parto Normal no Brasil recomendam a internação apenas em trabalho de parto ativo, ou seja, contrações regulares com intervalos de 5 em 5 minutos ou menos e dilatação cervical ≥ 4 cm.
Na dúvida se está ou não em trabalho de parto?

Se depois de responder a essas perguntas você ainda estiver na dúvida se está ou não em trabalho de parto, não exite em ir até a maternidade ou em contactar seu cuidador médico para uma avaliação. Não sendo trabalho de parto verdadeiro e ainda não estando na fase ativa você não é obrigada a aceitar uma internação. Volte pra casa e aguarde os sinais 😉

Quer saber mais sobre como eu posso ajudá-la a sanar todas as suas dúvidas sobre este assunto o qualquer outro relativo a gestar, parir e nutrir? Preencha este formulário e vamos conversar!

Bjo de Doula!

Doula Gabriella Santoro – Rio de Janeiro – RJ

Diretrizes de assistência ao Parto Normal no Brasil: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/diretrizes_nacionais_assistencia_parto_normal.pdf

A Fisiologia Hormonal do Parto: https://blog.casadadoula.com.br/parto-normal/a-fisiologia-hormonal-do-parto/

Como Acontece o Parto Normal: https://blog.casadadoula.com.br/parto-normal/como-acontece-o-parto-normal/

Compartilhe:

3 respostas para “O Falso Trabalho de Parto”

  1. Sinto muita pressão na parte de baixo da vagina como se tivesse empurrando mas não estou com dor é normal?

  2. Sinto muita pressão na parte de baixo da vagina como se tivesse empurrando mas não estou com dor é normal? Estou de 37 semanas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.