Corpo na Gravidez

Compartilhe:

Desde o momento que descobrimos a gravidez, já ficamos doidas para sair na rua com aquela barriga linda, mas as mudanças ocorrem devagar e em cada mulher os sinais da gravidez aparecem em épocas diferente, mas aparecem; se você iniciou a leitura desse texto para saber quais são os primeiros sinais, te convido a clicar aqui e ler um texto mais direcionado e depois volte aqui pois há bastante informação.

Sim, é verdade. Na maioria das gestantes surgem manchas pelo corpo. Ainda não se descobriu exatamente o que causa, é que o aumento do hormônio melanócito ainda não é comprovadamente o causador, mas enquanto a ciência ainda não descobre exatamente o que é, podemos discutir sobre o assunto. Além de manchas, podemos verificar um escurecimento de algumas áreas no corpo como axilas, vulva, umbigo, períneo, aureola, mamilo e até mesmo a área interna das coxas. Em alguns casos a mulher pode desenvolver melasma e cloasma (face). É importante a gestante fazer uso do protetor solar, pois essas características, podem ou não sumir após um ano de gestação.

  • Alteração no Olfato e Paladar

Apesar da maioria das gestantes relatar essa mudança, ainda não foi comprovada que a mesma exista, mas é interessante observar que há várias vertentes tentando explicar o que acontece. Uma hipótese é o aumento da vascularização na boca e no nariz aumentando a sensibilidade; outra, que se trata de um mecanismo de defesa da mãe, antenada nas necessidades do feto.

  • Cabelos, Que brilho!!

Corpo na Gestação 2
https://www.segredosdesalao.com.br/noticia/cabelo-cacheado-3-maneiras-de-usar-gel-no-cabelo-para-ganhar-cachos-definidos-e-lindos_a15037/1

Sim nossos cabelos parecem mais fortes, brilhosos e, em algumas mulheres, crescem mais, e não só os da cabeça, o estrógeno a mais na corrente sanguínea baixa a testosterona, que afina o fio, assim facilitando sua queda. E esse é o motivo de porquê após o parto temos tantos cabelos pela casa, é somente a queda de todo cabelo que devia ter caído. Mas se atente: caso chame muita atenção, é melhor procurar um profissional.

  • Mamas

As mamas ganham de 400g a 800g de volume, isso porque as glândulas mamárias se proliferam, há maior acúmulo de gordura e a prolactina, além disso.  A aureola e o mamilo ficam mais escurecidos e as glândulas de Montgomery ficam mais ativas, para aumentar a elasticidade da nossa pele nesses locais para facilitar a pega correta do bebê.

  •  Postura

Durante a gestação há uma grande mudança de postura da gestante, o eixo de equilíbrio se desloca e as grávidas mudam a postura naturalmente. Conforme a gravidez avança os ombros são jogados para trás e as pernas ficam mais afastadas, isso ocorre devido ao peso extra dos seios e ao tamanho engrandecido do útero, essas mudanças acabam modificando a localização do centro de gravidade da mulher.

  • Estrias

As temidas estrias de gravidez! Elas ocorrem devido a elasticidade da nossa pele; como já sabemos, normalmente, durante a gestação ganhamos peso, não somente porque nosso corpo continua armazenando energia, mas por causa que todo processo de gerar um bebê exige que nosso corpo cresça; com isso, as fibras da derme distendem e podem se romper. Para recuperar a lesão, vasos sanguíneos se formam, dando a aparência vermelha que conhecemos. Ainda não existe evidências que óleos e cremes podem amenizar seu aparecimento, mas com certeza eles podem diminuir a sensação de pele seca e puxada que sentimos.

  • Diástase

Conforme o crescimento do útero, o alongamento dos músculos abdominais ocorre, o que pode causar uma separação das duas bandas musculares que se encontram na região central do abdômen. Exatamente onde os dois músculos se separaram pode ocorrer uma espécie de “espaço”, onde a barriga se torna mais protuberante. Normalmente, a diástase tem início ainda durante a gestação, sendo perceptível somente após o parto. Conforme o tempo do pós-parto essa separação entre os músculos tende a diminuir. Alguns centímetros de separação podem ainda estar presentes por muito mais tempo. Mas tranquilize-se: existem formas de tratamento que vão desde atividade física até a cirurgia, em casos mais graves

  • Linea Nigra

Linha Negra
Linha Negra – https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Linea_nigra,_March_13th.jpg

A linea nigra (latim para “linha negra”) é causada pelo escurecimento da pele na área em que seu músculo abdominal se distende para acomodar o bebê. Cerca de três em quatro gestantes têm esta linha escura; normalmente, ela aparece a partir do segundo trimestre da gravidez, é uma faixa marrom escura, de aproximadamente 1 cm, que risca o meio o abdômen, entre o umbigo e a região pubiana. Ela começa a desaparecer a partir do nascimento do bebê, mas deve desaparecer por completo por volta dos 6 meses. Curiosamente, algumas mulheres não gestantes apresentam uma linha mais clara no mesmo local, chamada Linha Alba.

  • Peso no Corpo, Inchaço e Varizes

Nós já sabemos que durante a gestação há um aumento considerável dos hormônios progesterona e estrógeno. O que você não sabia é que esses dois hormônios são os principais causadores desses desconfortos aí em cima; é que ambos relaxam as paredes das veias e aumentam o risco de dilatação. Quando os vasos se dilatam, suas válvulas ficam abertas e o volume de sangue aumenta, tornando os vasos mais “encorpados”, ou seja, mais visíveis. A progesterona ainda facilita a retenção de água, e com o crescimento uterino, o mesmo comprime a veia cava, no lado direito do corpo. A circulação desacelera e o sangue se acumula nas pernas, pés e tornozelos. O que poucas pessoas sabem é que massagem e até drenagem aplicada por profissional, nos auxilia muito a passar por tudo isso.

  • Aumenta o Quadril?? (Pelve)

Sim, durante a gestação há um aumento de 10 a 15% do tamanho da pelve, isso porque as ligações e articulações relaxam e os movimentos da pelve aumentam. Essas modificações ocorrem para que a mulher possa ter maior mobilidade durante o parto, facilitando o movimento do bebê e também sua saída. O cóccix, por exemplo, se move na hora do parto. Por isso a importância da mulher poder se mover tão livremente em todo trabalho de parto. Conforme passamos pelo puerpério, nossa pelve volta ao tamanho normal.

  • Como ficam os órgãos internos??

Corpo na Gestação
Corpo Na Gestação -https://petitebox.com.br/blog/incriveis-gifs-de-gravidas/

Normalmente são todos exprimidos na parte posterior e superior do abdômen, exceto nossa bexiga, que fica bem abaixo do útero. Por isso no fim da gestação vamos muito ao banheiro.

 

 

 

 

 

Bibliografia

Modificações do Organismo na Mulher Gravida

http://tcconline.utp.br/wp-content/uploads/2012/09/MODIFICACOES-DO-ORGANISMO-NA-MULHER-GRAVIDA.pdf

Adaptações do Organismo Materno á Gravidez

http://www.unisalesiano.edu.br/salaEstudo/materiais/p1376d10184/material3.pdf

Corpo e Sexualidade na Gravidez

http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v46n3/04.pdf

Mudanças na Vida e no Corpo: Vivências Diante da Gravidez na Perspectiva Afetiva dos Pais

http://www.scielo.br/pdf/ean/v13n2/v13n2a22

Auto-conceito da Grávida– Factores Associados.

http://www.ipv.pt/millenium/Millenium40/5.pdf

Compartilhe:

5 respostas para “Corpo na Gravidez”

  1. Que maneiro!
    Foi o melhor texto que já li sobre as mudanças em nosso corpo. Queria que vc tivesse escrito isso antes kkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.