Acupuntura na gravidez

Compartilhe:

Acupuntura na gestação

Grávida pode fazer acupuntura?

Doula, Doulas Recife, Acupuntura, Acupunturape, Recife, Olinda
Fonte: https://pixabay.com/pt/barriga-mulher-gr%C3%A1vida-close-up-1434852/

Sim, a grávida pode fazer uso da acupuntura durante os 9 meses de gestação. O único cuidado é buscar um profissional qualificado já que alguns cuidados devem ser tomados. Como por exemplo, alguns pontos que devem ser evitados. No mais pode e deve ser utilizado já que trará inúmeros benefícios como alivio dos enjoos, dores nas costas, azia, dores de cabeça, ansiedade, tensão, estresse e insônia entre outros.

O que é acupuntura

A acupuntura é uma prática milenar e uma as mais antigas da humanidade. E é apenas uma das técnicas terapêuticas que compõem um conjunto de saberes e procedimentos culturalmente constituídos, e dos quais não pode ser dissociada. Além das agulhas, a medicina tradicional chinesa utiliza se de aparelhos com as ventosas, os lasers, haihua; ervas, como a Artemísia mais conhecida como moxa; massagens como a tuiná e o shiatsu; exercícios físicos, dietas alimentares, e prescreve normas higiênicas de conduta.

Aqui no Brasil o exercício da acupuntura é multidisciplinar, podendo ser praticada por médicos e outros profissionais capacitados.

Doula, Doulas Recife, Acupuntura, Acupunturape, Recife, Olinda
Fonte: https://pxhere.com/es/photo/484520

Benefícios

Os benefícios são inúmeros. Desde a solução para o problema apresentado até a diminuição do uso de remédios alopáticos por parte dessa gestante. Mas o maior benefício da acupuntura é a regulação do Qi ou regulação energética (como chamamos o reequilíbrio corporal) que faz com que inúmeras queixas sejam resolvidas num mesmo tratamento.

Doula, Doulasrecife, Recife, Olinda, Acupuntura
Fonte: Giphy

Pontos contraindicados

Durante a gestação devemos evitar os pontos na área do abdome, tanto na frente como na parte de trás do corpo. Assim como os pontos reflexos dos microssistemas como a orelha (auriculoterapia), a mão (quiroacupuntura), o pé (reflexologia podal) e o crânio (craniopuntura).

“Não há relato de complicações durante ou após o parto associadas ao uso de acupuntura, no entanto é transversal a todos os autores estudados a recomendação de utilizar a acupuntura com cuidado, estimulações suaves e seleção do menor número de pontos de acordo com a queixa e o diagnóstico de Medicina Tradicional Chinesa, é também aconselhado que só se puncturem os pontos que induzem o parto se estritamente necessário. Na maioria dos estudos é também notado que a acupuntura é mais eficaz se for feita todos os dias uma a duas vezes com retenção das agulhas por um período de 25 a 30 minutos.”

 

A acupuntura é maravilhosa para muitas pessoas, mas precisamos lembrar que o que é bom pra uma pessoa pode não ser para outra. Precisamos lembrar, e respeitar a individualidade de cada um. Algumas pessoas têm medo de agulha e nesse caso a acupuntura pode não ser a melhor solução para ela. Nesses casos podemos usar sementes, stipers, moxabustão, ventosaterapia ou ainda com massagens como o Shiatsu. Tudo isso pode ser utilizado sozinho ou em conjunto para um melhor tratamento.

 

Referências bibliográficas:

A acupuntura no ocidente

https://www.scielosp.org/scielo.php?pid=S0102-311X1990000200002&script=sci_arttext

Acupuntura: prática baseada em evidências

http://www.periodicos.usp.br/revistadc/article/view/59074

A APLICAÇÃO DE ACUPUNTURA DURANTE A GRAVIDEZ: PONTOS CONTRA-INDICADOS E PONTOS INDICADOS NO TRATAMENTO DA NÁUSEA GESTACIONAL

http://lms.essaude.ipsantarem.pt/index.php/REVUIIPS/article/view/260

 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.