Gestante pode amamentar o filho mais velho?

Compartilhe:

 Uma nova gravidez – planejada ou não – pode aparecer enquanto o filho(a) mais velho(a) é amamentado(a). O fato é que a maioria das mulheres são estimuladas a interromper a amamentação devido a gravidez.

Mulher,  vem aqui! Você não precisa parar de amamentar seu mais velho!

 

 

O Ministério da Saúde assegura que, se for do seu desejo  e se não houver intercorrências na gravidez, é possível manter a amamentação.

A amamentação não prejudica a gravidez! 

O pediatra Carlos Gonzales diz que mesmo que em teoria a sucção estimula as contrações uterinas devido a liberação de ocitocina, não foi publicado nenhum caso de aborto ou parto prematuro nesse sentido.

O estudo de Ayrim (2014) mostrou que as gestantes que continuaram amamentando ganharam menos peso que as que desmamaram, e também tiveram diminuição de hemoglobina durante a gravidez. Essas mudanças, isoladamente, não são fatores relevantes.

A suplementação adicional de vitaminas, ferro, cálcio além do recomendado não é regra. É necessário individualizar cada caso e se houver necessidade, o profissional de saúde fará as suplementações adicionais necessárias.

Influência da amamentação no bebê que está chegando

Um estudo do Iraque (2013), mostrou que a taxa de incidência de bebês de baixo peso de mães gestantes que amamentaram não teve diferença significativa quando comparado ao grupo de mães gestantes que não amamentaram. Ou seja, não tem pesquisas suficientes sobre a influência da amamentação no feto e recém nascido. 

Desmame espontâneo do filho mais velho

Devido a diminuição da produção de leite e alteração no gosto do leite (mais salgado, por maior conteúdo de sódio e menor concentração de lactose) pode acontecer do filho mais velho não querer mamar mais durante a gravidez.  

Além disso, há o aumento da sensibilidade dos mamilos e fadiga materna devido às alterações hormonais que costumam causar sonolência principalmente no início da gravidez, que podem ser outros fatores que causam o desmame.

Foto Mari Hart
A amamentação DURANTe a gravidez é contra-indicada apenas quando existir ameaça de aborto ou parto prematuro.

Como administrar?

Você já sabe que não precisa deixar de amamentar o mais velho durante a nova gravidez, mas algumas situações podem existir:

Não quero amamentar durante a gravidez: é uma escolha sua, não se culpe por isso! Então, será necessário fazer o desmame do mais velho. Conversar com ele é sempre uma boa! Existe o desmame gentil: desmamar aos poucos com muita conversa, substituição da mamada por alimentos e atividades lúdicas.

Eu amamentei o mais velho durante a gestação, mas está perto do bebê nascer, e agora? A conversa com o mais velho durante a gravidez é importante! Ele precisa saber que em breve terá um companheiro de mamá e que precisará dividir.

Você pode optar por continuar amamentando os dois, chama-se amamentação em tandem. O importante é sempre priorizar o recém-nascido já que o leite materno será a unica fonte de alimento dele, enquanto o mais velho já pode ingerir alimentos e outros líquidos.

Você também pode optar por desmamar o mais velho com a chegada do bebê.

Foto Debora – @adebsescreve
Essas escolhas podem não ser fáceis devido ao apego entre mãe-filho que a amamentação gera. Então, ter apoio de uma amiga(o), parceiro(a) e/ou consultora em aleitamento materno pode te ajudar!

 

Referências Bibliográficas

Ministério da Saúde. Saúde da criança: Aleitamento Materno e Alimentação Complementar, 2015.

Carlos González. Manual Prático do Aleitamento Materno. Ed. Timo, 2014.

Hilary Flower. Amamentação durante a gravidez e em Tandem: pode!?, 2017. 

Abrão, A.C. F. V.; Mattar, M. J. G; Coca, K. P. – FEBRASGO. Amamentação durante a gravidez, é possível? 

Albadran, Maysara, M. Effect of breastfeeding during pregnancy on the occurrence of miscarriage and preterm labour. Iraqi Journal of Medical Sciences 2013; 11.3.

Ayrim, A. et al. Breastfeeding throughout pregnancy in Turkish women. Breastfeeding Medicine 2014; 9(3): 157–160.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.