Como a laserterapia pode ajudar no alívio da dor ao amamentar

Compartilhe:

A Laserterapia é a terapia com laser de baixa intensidade. Ela auxilia, dentre outras complicações no pós-parto, na cicatrização das fissuras nos mamilos e inibe a dor na hora da amamentação.

Mas o que é Laser?

O termo LASER é uma sigla para Light Amplification by Stimulated Emission of Radiation que em Português quer dizer Amplificação da Luz por Emissão Estimulada de Radiação.  Ele age potencializando (acelerando) um processo que já é natural no nosso organismo. O primeiro Laser foi criado em 1960 e a partir daí surgiram vários estudos que comprovaram seus benefícios terapêuticos.

Amamentar é resistência

Arquivo Pessoal

Quando uma mãe está amamentando seu bebê, ninguém imagina o tamanho da luta que está escondida naquele momento. Surgem muitas dificuldades no decorrer do processo de amamentar.

Já falamos aqui anteriormente que o aleitamento materno é o melhor alimento para o crescimento e o desenvolvimento adequados do recém-nascido. Por isso a Organização Mundial de Saúde (OMS) indica de forma exclusiva até os seis meses de vida e como complemento até pelo menos dois anos de idade.

Mas, caso a puérpera não possua um apoio e informações adequadas para ter suas queixas solucionadas, é possível que o aleitamento materno seja interrompido precocemente. Algumas mães irão apresentar dor, fissuras nos mamilos, dentre outros desconfortos principalmente no início da amamentação. Sendo a fissura mamilar um importante fator para a diminuição na frequência da amamentação e consequentemente o desmame precoce.

Por que as lesões nos mamilos acontecem?

Os traumas mamilares são a principal causa de dor durante a amamentação. Mas é importante saber que esta condição não é normal, se está doendo é porque algo não está correto. Normalmente estas lesões estão associados ao posicionamento e pega não adequadas do recém-nascido.

O posicionamento adequado do bebê irá favorecer uma melhor pega na mama, importantíssimo para a manutenção da amamentação. A posição mais clássica é colocar o bebê barriga com barriga e a cabecinha na altura do mamilo, para que o bebe consiga abocanhar a maior parte da aréola, com os lábios levemente virados para fora.

Como a laserterapia pode ajudar?

Arquivo Pessoal

A Laserterapia é um tratamento não medicamentoso, sem efeitos colaterais, não invasivo e indolor. Pode gerar os seguintes efeitos terapêuticos: analgésico, anti-inflamatório, antiedematoso e cicatrizante. Então, quando a puérpera apresentar uma lesão no mamilo com demora na cicatrização pode recorrer a laserterapia que irá acelerar o processo de cicatrização dos mamilos lesionados, auxiliar na redução da dor ao amamentar e agir na modulação da inflamação.

A laserterapia atua também em ingurgitamentos como os causados pela apojadura (descida do leite), candidíase, mastites, também usado em ferida pós-operatória de cesária, em lacerações no períneo, hemorroidas e em assaduras do bebê.

A aplicação do laser é rápido mas a duração do tratamento é variável e precisa ser individualizado de acordo com a resposta de cada paciente.

A avaliação é indispensável

Os resultados da laserterapia tem se mostrado muito eficiente, mas para obter o resultado esperado é preciso tratar a causa da lesão. Por esse motivo não se deve aplicar o laser de forma isolada. Na maioria das vezes é necessário ajustes no manejo da amamentação e por isso é indispensável a avaliação da mamada. Ambos os procedimentos devem ser realizados sempre por um profissional especializado.

Sei o quanto essa fase da amamentação é desafiadora, eu também passei por ela, e me coloco a disposição para auxiliar, com informação, cuidado e dedicação. Sou habilitada para o uso da laserterapia na amamentação e pós-parto e para saber mais sobre meus atendimentos e agendar uma consulta clique aqui.

Sugestão de leitura

Efficacy of Low-Level Laser Therapy in Relieving Nipple Pain in Breastfeeding Women: A Triple-Blind, Randomized, Controlled Trial – https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S1524904216300236

Terapia Laser, cicatrização tecidual e engiogenesehttps://www.researchgate.net/publication/240992006_Terapia_Laser_cicatrizacao_tecidual_e_engiogenese

Ação da terapia com laser de baixa potência nas fases iniciais do reparo tecidual: princípios básicoshttp://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0365-05962011000500013

A posição de amamentar determina o aparecimento do trauma mamilar?http://www.periodicos.usp.br/reeusp/article/view/40377/43320

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.