Ter ou não ter uma doula? Eis a questão!

Compartilhe:

A função da doula

Doula
Por Julia Otero

Resumindo, a função da doula é dar suporte físico, emocional e informativo ao longo da gestação, parto e pós-parto.
Durante a gestação, o papel da doula é orientar e informar o casal sobre tudo o que pode acontecer durante o parto e até mesmo o pós-parto. Sua explicação será baseada em evidências científicas, ajudando assim a família escolher o que será melhor para eles e o bebê.
Durante o parto, o papel da doula é olhar para a parturiente, ajudando a trazer ao mundo o seu filho da forma mais tranquila e confortável possível. A doula usará métodos não-farmacológicos (banhos, massagens, aromaterapia, etc) para alívio da dor até a hora do nascimento. Tentando deixar àquela mulher o mais à vontade possível, confiante e calma para receber seu bebê.
Já no pós-parto, fará visitas à nova família, oferecendo apoio emocional, auxilio nos primeiros cuidados do bebê e até mesmo ajuda na amamentação.

As evidências Científicas

doula evidencias cientificas
por pinterest.com

Em 1993, Klaus e Kennel, publicaram em Mothering The Mother, um estudo no qual pontuaram os resultados mundiais da presença da Doula durante o trabalho de parto e parto. Segundo eles, os benefícios são:
• Redução de 50% dos índices de casarianas;
• Redução de 25% da duração do trabalho de parto;
• Redução de 60% nos pedidos de analgesia;
• Redução de 30% no uso de analgesia;
• Redução de 40% no uso de ocitocina;
• Redução de 40% no uso de fórceps.

Alguns outros estudos ainda apontam:
• Benefícios emocionais e psicológicos para mãe e bebê;
• Satisfação na experiência do parto;
• Aumento de sucesso na amamentação;
• Redução no número de mulheres com depressão pós-parto;
• Diminuição da baixa de autoestima e ansiedade;
• Diminui as taxas de intervenções desnecessárias.

A OMS

OMS doula
por http://www.cartazdacidade.com.br

“Relatos e estudos controlados randomizados sobre o apoio por uma única pessoa durante o parto, uma “doula”, parteira ou enfermeira, mostraram que o apoio físico e empático continuo durante o trabalho de parto apresentava muitos benefícios, incluindo um trabalho de parto mais curto, um volume significativamente menor de medicações e analgesia epidural, menos escores de Apgar abaixo de 7 e menos partos operatórios (Klaus et al 1986, Hodnett e Osbom 1989, Hemminki et al 1990, Hofmeyr et al 1991).” (O Relatório da Maternidade Segura – Assistência ao Parto Normal: um guia prático, item 2.5 – Apoio durante o Parto, OMS, 1996)

Em 1996, a OMS, elaborou O Relatório de Maternidade Segura – Assistência ao Parto Normal: um guia prático (Genebra, Suíça, 1996), aonde cita os benefícios de se ter uma doula durante a gestação, parto e puerpério.
Segundo documento, a DOULA é uma profissional a qual recebeu treinamento básico sobre o parto e está devidamente pronta para fazer a assistência da mulher, apoiando-a emocionalmente e fisicamente, informando-a sobre tudo o que acontece durante o parto, além de ser uma amiga com presença constante neste momento tão importante.
A OMS ainda frisa o quão importante é a presença de pessoas de confiança da parturiente, para que se sinta confortável e segura no momento do parto.

O cenário no Brasil

bebe brasileiro doula
por http://www.jornaldaorla.com.br

Sabemos que o nosso país está entre os pioneiros em fazer cesarianas desnecessárias. O apoio e conhecimento passado para as gestantes é de extrema importância para que elas decidam o melhor tipo de parto para si.
Muitas doulas ainda sofrem preconceito sobre sua profissão, principalmente no meio de profissionais de saúde. Mas com isso precisamos entender os dois lados da moeda.
Primeiramente vamos falar do lado das doulas. Sabemos que as profissionais lutam dia após dia para serem reconhecidas no meio dos profissionais de saúde, aonde sabem que não podem de forma alguma intervir em procedimentos realizados pelos médicos.
Entendem que a humanização é a melhor solução, sabendo assim que todas as mulheres são capazes de parir, derrubando o sistema cesarista em nosso país.
Já no olhar de muitos profissionais de saúde, aonde uma grande porcentagem se aproveita da cesariana para poder fazer mais partos em menos tempo, as doulas mais atrapalham do que ajudam, pois de certa forma irão “atrapalhar” as tantas desculpas mentirosas que contam para fazer a cesárea.
Em outro lado, temos profissionais super humanizados, que apoiam as doulas, as deixam à vontade com a parturiente, desde de que, não haja interferência nos procedimentos, caso haja alguma necessidade.
Falo muito em interferência, pois infelizmente, existem profissionais que realmente fazem isso. Querem brigar com o médico por todos os procedimentos que está sendo feito, porém doulas jamais podem tomar uma atitude desta. São por essas e outras, que infelizmente ainda essas profissionais são tão desconhecidas e muitas vezes desvalorizadas.

As leis

doula leis
por https://www.lawgazette.co.uk

Em alguns Estados e cidades do Brasil, existem leis que protegem as doulas às entradas a maternidades, tanto particulares, quanto públicas.
Algumas leis estaduais são:
Rio de Janeiro: Lei 7.314 de 15 de junho de 2016
Amazonas: Lei 4.072 de 04 de agosto de 2014
Santa Catarina: Lei 16.869/2016
Pernambuco: Lei 15.880 de 17 de agosto de 2016

Algumas leis municipais são:
Rio de Janeiro: Lei 6.305/2017
São Paulo: Lei 16.602/2016
Belo Horizonte: Lei 10.914/2016
Teresina: Lei 4.935/2016

Ainda na dúvida?

bebe pensativo doula
por http://babysilva-sauro-blog.tumblr.com/

Pesquise mais sobre as doulas em sua cidade. Marque um bate-papo com as preferidas, entenda quem são, como atuam, procure informações delas na internet. Após isso, é só escolher uma e ser feliz!

“Se doula fosse remédio, seria antiético não receitar.” (John H. Kennel, MD)

Quer ler mais sobre esses assuntos?
Segue todos os links de sites nos quais me inspiraram a escrever esse texto:

http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,ERT330065-10543,00.html

https://oglobo.globo.com/sociedade/doulas-dao-conforto-gestantes-mas-medicos-reclamam-que-elas-interferem-nos-partos-15600127

https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/182444/TCC1%20DOULAS%20BRASILEIRAS.pdf?sequence=1

https://www.abenfo.org.br/site/biblioteca/arquivos/manuais/241_Protocolo-Assistencia_Parto_Nascimento-18-12-2015.pdf

https://bionascimento.com/oms-recomendacoes-para-o-parto-normal/

http://abcdoparto.com.br/site/assistencia-ao-parto-normal/

http://douladatribo.blogspot.com/2016/02/beneficios-da-doula-segundo-oms-e.html

Doulas recomendam:

O parto idealizado x O parto como ele realmente é Quando a gente finalmente faz a matrícula na faculdade, a expectativa de todo novato é que, “vou chegar chegando e vou sair daqui uma profissional tão...
Quando a cesárea é bem-vinda, indicações reais Fotografia de Fran Hoffmann - @franhoffmann O Brasil atualmente é considerado o país campeão em cirurgias cesarianas eletivas, ou seja, nascimento...
O que significa Doula Entre os grandes Mistérios, o parto foi por muito tempo o maior e mais bem cuidado pelas mãos femininas. Eram através delas que a vida se fazia flu...
Gravidez tardia, aos 40 + é possível? A gravidez tardia ainda é um assunto encarado como tabu por muitas pessoas. Contudo, o prolongamento da juventude e a melhora da qualidade de vida inf...
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *