Primeira casa do bebê: Placenta, Bolsa amniótica e cordão umbilical

Compartilhe:

Parece que engravidar é bem fácil, mas na verdade o espermatozóide tem que encontrar o óvulo na hora exata e no lugar exato das trompas para que ele seja fecundado. Depois disso ele percorre um longo caminho até chegar no útero e se fixar em sua parede. A partir daí esse amontoado de células se multiplicarão mais rápido e se transformarão até chegar em um bebezinho formado e pronto para enfrentar a vida fora do útero. Mas enquanto ele ainda está dentro do corpo da mãe três estruturas são fundamentais para o seu desenvolvimento: a bolsa amniótica, a placenta e o cordão umbilical. O que é cada um e qual a sua função? Como que eles estão relacionados? O que o eles tem a vê com o bebê em formação?

O que envolve a placenta, a bolsa amniótica, o cordão umbilical e o bebê?

Pois bem, essas três estruturas, junto com o bebê, ficam protegidos pelo útero, um órgão formado de músculos que fica entre a nossa bexiga e o reto. Tem formato e tamanho de uma pêra portuguesa pequena, mas que no final da gestação estica até quase o tamanho de uma melancia.

utero durante a gravidez
wikimedia commons

Podemos imaginar como se ele fosse a casca de um ovo que vai proteger o bebe e abrigá-lo durante todo período da gravidez.

Bolsa Amniótica
A bolsa amniótica é a primeira a ser formada de todas, no começo é chamado de saco gestacional (aparece por volta da 4ª semana de gestação), é aquela bolsa preta que vemos quando fazemos o primeiro ultrassom e na maioria das vezes ainda nem dá pra ver o embrião, ele só aparece lá pela 5ª ou 6ª semana. Dentro do saco tem o embrião, liquido amniótico e o saco vitelínico – bolinha que aparece dentro do saco no primeiro exame; essa estrutura que vai alimentar e sustentar o embrião enquanto ainda não foi formado o cordão umbilical ligando-o a placenta. (Já vamos chegar lá). Em linhas gerais é uma membrana presa a placenta que envolve o feto durante toda a gestação.

bolsa amniótica
foto: Doula Gabi Gavioli

E o líquido amniótico é composto inicialmente por água do corpo da mãe, mas que com o passar das semanas o bebe também ajudará na produção e filtração dele.

Esse líquido tem várias funções, entre elas:
-protege o bebe dos impactos da movimentação da mãe;
-mantém a temperatura constante dentro do útero em 37º5C;
-permite que o bebê se mexa mais facilmente;
-estimular o sistema respiratório e digestivo do bebê;
-protege o bebê de infecções.

Placenta
E aí, lá pela segunda semana de gestação, células que formarão a placenta já começam a grudar na parede do útero, e com o passar das semanas ela vai se aperfeiçoar porque ao longo da gravidez será através dela que o corpo da mãe vai mandar oxigênio, nutrientes e hormônios para o bebê e ao mesmo tempo vai eliminar toda substância que o bebê não precisa mais.

placenta
foto: Doula Gabi Gavioli

Porém essa troca só vai ser possível lá pelo primeiro mês de gestação, que é quando o saco vitelínico não vai mais ter função.

Cordão umbilical
Lembra do embrião que estava dentro do saco gestacional? Quando ele completa cerca de um mês, vasos sanguíneos saem dele e encontram a placenta que esta se formando grudadinha no útero. Pronto, o cordão umbilical foi formado. Por fora ele tem uma textura gelatinosa, mas bem resistente e flexível, por dentro duas veias e uma artéria serão responsáveis pelas trocas de nutrientes e substâncias necessárias enviadas pela mãe e descartadas pelo bebê.

40 semanas dentro da bolsa amniótica sendo alimentado pela placenta através do cordão umbilical
Sendo assim, durante mais ou menos 9 meses o bebê vai morar dentro de uma bolsa de água que está fixada pela placenta no útero materno. A placenta mandará tudo o que o bebê precisa e retirará tudo que ele não precisa mais pelo cordão umbilical, para que assim o organismo da mãe possa descartar. E assim será até que o bebê esteja pronto e com os pulmões maduros, conseguindo viver fora do útero.

Referências

Placenta Humana – Sistema Reprodutor – Anatomia

Função da placenta, cordão umbilical e saco amniotico 
http://falandodeciencia.blogspot.com/2015/01/funcao-da-placenta-cordao-umbilical-e.html

How yur fetus grows during pregnancy
https://www.acog.org/-/media/For-Patients/faq156.pdf?dmc=1

Doulas recomendam:

Como o seu estado emocional pode afetar o seu part... Você já parou pra pensar que o seu estado emocional pode fazer toda a diferença no seu trabalho de parto (vou usar muito as palavras “trabalho de pa...
O Amor me ensinou a ser doula Um pouco de mim Sou Williana, filha de Maria da Penha e Washington. Nasci de uma cesariana por um desejo da minha mãe em fazer a laqueadura das tromp...
Analgesia (ou anestesia) somente quando solicitada... A analgesia de parto, como a peridural por exemplo, é uma intervenção muito poderosa que nós temos para usar em dados momentos do parto. Não a conside...
Doular é a minha revolução: como a luta pela vida ... Sou Elis Teixeira, tenho 34 anos e há 3 anos renasci após um parto domiciliar que mudou completamente a minha vida. Sou formada em História e especial...
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *