O florescer de uma Doula

Compartilhe:

Eu sou Agda Porto, tenho 29 anos, casada, cristã, mãe da Luiza Helena. Enfermeira Obstetra, Consultora em amamentação, Doula e Placenteira. Apaixonada pelo empoderamento feminino, gestar, parir e maternar.

O começo.

Em junho de 2016, grávida de 25 semanas viajei para finalizar o estágio de obstetrícia numa maternidade de referencia do estado, e tive a oportunidade de conhecer a Doula , uma profissional cujo o papel é oferecer suporte físico, emocional e informacional a mulher, na gestação, parto, pós- parto e amamentação. Confesso que fiquei encantada, afinal é tudo que uma mulher grávida precisa.

Meu RENASCIMENTO

Ao retornar pra casa comecei a busca por uma Doula, e não encontrei. Comecei a estudar sobre ela, estudei sobre exercícios propostos por ela,  métodos utilizados para  conforto na dor ( banho, massagens, posições que favorecem ao parto e exercícios). Tudo que pudesse melhorar a experiência com o meu parto.
Minha mãe foi meu apoio contínuo no meu trabalho de parto, ela me deu conforto, massageou minhas costas por 5 horas, fez tudo que consegui ensinar a ela naquele momento, senti o quão difícil teria sido esse trajeto sem o suporte e cuidado contínuo dela e sem todo o conhecimento adquirido previamente a respeito do processo. Pari de parto normal no SUS, não tão respeitoso como eu sonhava, mas foi uma experiência incrível.

Parir me fez renascer,  florescer, conhecer a força e o poder do sagrado feminino. E ter como objetivo dali em diante , contribuir para que outras mulheres descubram a força do seu próprio poder, e ser esse suporte contínuo que toda mulher grávida merece. Digo que,  EU PARI UMA DOULA, pois foi no meu parto que decidi me tornar uma.

Tornar-se DOULA

Em 2017, quando minha filha completou 1 ano de idade, viajei pra realizar o tão sonhado curso de Doula, que foi uma experiência incrível, em cada momento do curso eu tinha  certeza de estar no lugar certo, que era isso mesmo que eu queria pra minha vida e oferecer para outras mulheres.

Até o momento não se conhecia a profissional doula na cidade em que resido e regiões vizinhas. Comecei do ZERO, com a cara e a coragem de querer mudar o cenário atual e melhorar a satisfação das mulheres da gestação ao pós-parto. Iniciei  aí o processo de divulgação da doula, através de rodas de conversa para gestantes e informações nas redes sociais, e nisso encontrei outras profissionais que tinham o mesmo desejo que o meu, nos juntamos e começamos um trabalho de formiguinha na cidade, mas que hoje tem tomado espaço e é conhecido por muitos da região.

Formei uma equipe a Mama Doula, com mais duas amigas enfermeiras que em seguida se tornaram doulas também. Agora faço parte de uma Rede de apoio a gestação, parto, pós-parto e amamentação chamada Humaniza itz.   Atualmente minha área de atuação é focada em cuidados para mulheres no ciclo gravídico-puerperal.

Recentemente, realizei dois cursos que desejava pra somar com o meu doular, foram eles : consultoria em amamentação e medicina da placenta, objetivando oferecer um pós-parto mais tranquilo e leve à essas mulheres que tenho a honra de acompanhar.

De lá pra cá…

Tenho procurado despertar nas mulheres a força do seu próprio poder e buscar um nascimento respeitoso para o seu filh@, mostrando-lhes os caminhos para que ela seja  protagonista do seu parto.

E aumentar a sua satisfação com a gestação, parto, pós- parto e amamentação através do suporte físico, emocional e informacional que a doula oferece.

Me sinto feliz em ser pioneira na cidade e região, ter vencido medos e obstáculos e hoje SER quem eu queria SER. Luto pela humanização no parto, respeito ao nascimento e o empoderamento feminino todos os dias.

Hoje ofereço os serviços de Doula no parto e no pós-parto, consultoria de parto e  amamentação, cursos para gestantes e casais grávidos, cápsulas de placenta e rodas de conversas.

Atendo em Imperatriz e cidades próximas (João Lisboa, Açailândia, Porto Franco- MA). Ou se você mora em outro estado e irá parir em umas dessas cidades, conte comigo.

“Você pode conhecer mais sobre mim e fazer parte de um grupo VIP de atendimento se inscrevendo aqui” https://docs.google.com/forms/d/

Referências

O parto humanizado é a mulher ser respeitada e ter o direito de fazer escolhas conscientes”: um estudo sobre humanização do parto e maternidade    http://www.periodicos.ufes.br/ABEPSS/article/view/22309

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.