Acredito no corpo da mulher e no protagonismo no parto.

Nasci em Araraquara de parto normal, hospitalar e violento, minha irmã  nasceu eu tinha 11 anos e participei de perto e atenta do processo da gestação ao nascimento, foi um parto normal ainda com violência, minha mãe sofreu com os pontos infeccionados da episiotomia. Lembro também de todo o processo da  amamentação, foi minha primeira …