A dor do parto

Compartilhe:

Imagem destacada: Foto Ellen Brito

 Definição de dor :

• Sentimento angustiante, muitas vezes causado por estímulos intensos ou prejudiciais.

• Fenômeno complexo e subjetivo, definir a dor tem sido um desafio.
• Segundo a Associação Internacional para o estudo da dor , “ A dor é uma experiência sensorial e emocional desagradável “ associada ao dano tecidual real ou potencial, ou descrita em termos de tais danos”.

Humm mas e a dor do parto ?? Será que se encaixa nas definições acima ?? Vamos analisar juntos ! Embora a dor possa ser angustiante, ela é uma experiência sensorial e emocional ! Porém no caso da dor do parto ela não está ligada há um dano, ou um sinal que alguma coisa está errada em nosso corpo. Entendermos que a dor do parto é justamente o oposto, ela significa que o trabalho de parto iniciou, e que parto está evoluindo, que o bebê está á caminho. Pensar dessa forma pode ser muito reconfortante. A principal causa da dor no trabalho de parto são as contrações uterinas, e no expulsivo o estiramento vaginal e perineal descrito como “círculo de fogo”.

A dor é subjetiva para cada mulher e está intimamente ligada com as experiências de lesões físicas que essa mulher teve na primeira infância.

Além disso existe uma lenda que a dor do parto equivale há quebrar 20 ossos !! Só de imaginar isso já ficamos com calafrios !!

Humanização do parto

No passado o parto era visto como algo fisiológico, natural, cultural , vivido por nossos antepassados .
Atualmente o parto passou a ser visto como uma patologia e uma serie de intervenções passaram A fazer parte.
O medo de não suportar o sofrimento, de não dar conta do processo e de prejudicar seu bebê são os principais temores das grávidas, o que contribui para uma conduta intervencionista do médico como meio de aliviar seus temores.
Os métodos de alívio da dor não farmacológicos são excelentes recursos por serem seguros e acarretarem menos intervenções. Além disso conseguimos retomar o significado fisiológico que o parto deve representar para a mãe e para o recém-nascido.

Como lidar com a dor do parto ?

Ao longo dos anos diversos recursos tem se mostrado eficaz para o alívio da dor durante o trabalho de parto. Vamos falar sobre alguns deles:

• Técnicas de respiração e relaxamento: respirações lentas e profundas, visualizar as contrações como ondas do mar que vão e que vem, lidar com uma contração de cada vez. Também existem técnicas específicas de hipnobirth e gentle birth que abordam essas técnicas de forma mais profunda.

• A água tem um poder terapêutico de relaxamento, e pode ser usada em forma de compressas, chuveiro e a banheira.
• Aromaterapia.
• Presença da doula e acompanhante.
• Estar informada sobre as fases do trabalho de parto e sobre o que esperar.
• Ter liberdade de se movimentar, e escolher posições que você sente mais conforto; é importante você treinar e vivenciar diversas posições que trazem alívio durante a gestação e hora das contrações escutar o seu corpo e saber o que ele deseja é fundamental.
• Massagens com óleos essenciais podem trazer grande alívio. Podem ser realizados por aluguem mais experiente como a doula ou pelo seu acompanhante .

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado Posições apoiada na bola para alivio da dor
Foto arquivo pessoal: Eu como doula usando o rebozzo para aliviar a dor.

Posso tomar anestesia ?

Por fim devemos lembrar que como ultimo recurso existe a analgesia/anestesia de parto. Embora a analgesia seja considerada uma intervenção e que pode desencadear outras intervenções , atualmente ela é utilizada em doses baixas que possibilitam a parturiente se movimentar e a sentir as contrações, principalmente os puxos.

Faz parte da humanização do trabalho de parto e parto o alívio das dores, sendo que as medidas não farmacológicas devem ser propostas sempre e a anestesia/analgesia se for desejo da mulher deve ser utilizada com critério pela equipe !

Referências Bibliográficas

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Dor

Utilização de técnicas de relaxamento para alívio de dor e ansiedade no processo de dor e ansiedade no processo se parturiação

https://www.redalyc.org/html/2814/

Avaliação da efetividade de métodos não farmacológicos no alívio da dor do parto

https://www.redalyc.org/html/3240/324030684022/

Analgesia e anestesia no trabalho de parto e parto

http://files.bvs.br/upload/S/0100-7254/2010/v38n11/a599-606.pdf

A Dor e o Protagonismo da Mulher na Parturição

http://www.scielo.br/pdf/rba/v61n3/v61n3a14.pdf

Doulas recomendam:

Leite Materno e os Desafios da Amamentação Rina e Joana na primeira hora Quando vamos falar sobre leite materno, alguns mitos e nossa cultura familiar pairam em nossa mente. Tudo que vimos ...
Parto Normal? Deus me livre! Em 2011, o estudo Nascer no Brasil – Inquérito sobre parto e nascimento, coordenado pela Fundação Oswaldo Cruz, divulgou que 72% das gestantes ouvidas...
O medo da dor do parto Sim, os momentos do trabalho de parto ao parto normal são doloridos sim... Porém são totalmente suportáveis por qualquer mulher. Principalmente para v...
Como evitar a cesárea desnecessária? Para a Organização Mundial da Saúde (OMS), não há motivos que justifiquem proporções de cesáreas superiores a 15%. No entanto, a cesariana tem apresen...
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *