“Sim, é possível gestar com prazer e alegria”.

Compartilhe:

 

Depois de ouvir muitas mulheres durante o pré e pós parto, ouvir seus relatos de medos, angústias e expectativas em relação à gestação e ao parto e tudo que envolve esse acontecimento de gestar e dar vida a um novo ser. Venho, com muito amor, dizer que é possível transcender tudo isso e gestar e parir com alegria, prazer, humor e muito amor.

Como ter prazer e humor com esse turbilhão hormonal? Fora toda a pressão externa, familiar, financeira e profissional?

Muita calma nessa hora!

Sei que não existe contos de fadas, mas podemos, dentro do limite que nos é permitido, fazer escolhas saudáveis. Que nos proporcione bem-estar, conexão com a alegria e bom humor.

Bora tentar???

O período da gestação é muito importante para a saúde do bebê e da gestante. Quando estamos alegres, felizes e otimistas liberamos Ocitocina e endorfinas, hormônios do bem-estar e prazer. Quando ao contrário liberamos catecolaminas e adrenalina, hormônios do mal-estar.
Pesquisas comprovam que a gestante em estado de estresse prolongado e pensamentos negativos, propicia seu filho a desenvolver, posteriormente, temperamento nervoso, agressividade e outras questões.
Enquanto o otimismo, amor, criatividade, meditação e bom humor, leva a terem uma gestação harmoniosa e, consequentemente, filhos com essas características. Não é maravilhoso?!
O bebê no ventre sente e ouve todos os sons da mãe, as caricias recebidas ainda no ventre e a canção que o pai canta. O bebê é sensível a tudo que está em seu entorno.

Que tal algumas práticas simples, que ajudam a criar esse ambiente favorável e cheio de amor?

Segue algumas sugestões:

– Massagens
– Dar boas risadas, dançar, encontrar amigas e
– Meditação e conexão com o bebê
– Alimentação Saudável
– Caminhadas
– Fazer sexo  de forma prazerosa e respeitosa
– Ouvir boa música
– Rodas de gestantes
– Ler bons livros – histórias
– Filmes – comédia romântica, humor e documentário de relatos de partos.

Escolha suas práticas e viva essa experiência de forma plena e divina.

“A mente da gestante deve estar calma pois suas crianças absorvem vida através dela, assim como as plantas com a terra. ”  Aristóteles

Beautiful Birth Art

“Não existe respeito à natureza e aos seres humanos sem o respeito à criança no ventre da mãe. A ecologia no ventre materno garante a ecologia no mundo”.
Thomas Verny

Referências :

10 Regras de Ouro para futuros Pais – ANEPBrasil

Parto com AMOR – Luciana Benatti, Marcelo Min

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *