Cadê minha libido?

Compartilhe:

Recentemente estive em um workshop de Exercícios para a Pelve no pós parto, e a fisioterapeuta afirmou durante a explicação: “…com estes exercícios seu corpo voltará ao lugar de forma mais rápida, pois eu sei que o marido está esperando ansioso a volta do sexo, e temos que fazer isso por eles”. E desde então tenho percebido o quanto ainda hoje as mulheres se sentem na obrigação de corresponder a um prazer sexual que não existe no pós parto. Claro que existem aquelas que estão no auge hormonal da vida, e querem sim que o corpo permita a relação sexual, mas hoje vamos falar sobre aquelas que não estão nesta situação e se perguntam: “Cadê minha libido?”.

Fonte: Pixabay

Coisas que ninguém te conta antes de engravidar

Que a gestação nos traz uma série de alterações físicas e emocionais, todo mundo sabe. Mas existe a real consciência do período que está por vir? Após o parto, acontece o aumento de prolactina para a produção de leite materno, e a redução de estrogênio que está diretamente relacionado a libido da mulher que também se mantem reduzida. Acontece a queda de lubrificação vaginal, o que pode causar dificuldades na penetração.

No mundo animal grande parte das fêmeas não tem relações sexuais quando nascem seus filhotes e isso permanece durante algum tempo de forma instintiva, normalmente para que o corpo passe pelo tempo de recuperação adequado e para evitar uma nova gravidez. Porém como animais racionais, o casal precisa de uma comunicação efetiva, onde os dois entendam que assumiram a responsabilidade afetiva emocional sob o outro a partir do momento que aconteceu a gravidez, compreendendo que esta é uma fase inerente a ela.

A mulher possui muitas responsabilidades neste momento  com o bebe. Seu corpo se transformou rapidamente e afeta a autoestima. Algumas ainda tem a maior responsabilidade com a organização da casa, outras voltam a trabalhar logo após o parto, e normalmente o raciocínio não acompanha as mudanças que ocorrem. Neste mesmo contexto ainda a existe a dúvida se está sendo boa mãe, a cobrança a si mesma perante a sociedade que muitas vezes cobra posturas que não correspondem a sua vontade. Cobrança a si mesma por não conseguir / poder corresponder ao seu parceiro nas questões sexuais, sociais e emocionais uma vez que a maior atenção agora se direciona ao bebe. Ainda não falamos sobre o cansaço de se manter alerta a todo o momento instintivamente para garantir a sobrevivência do pequeno. Essa sobrecarga ainda pode gerar um stress ou depressão pós parto que ainda envolvem outras reações químicas que podem vir a atrapalhar o desejo sexual.

Quanto tempo isso dura? Quando vou ter meu relacionamento de volta?

Assim como tudo no nosso organismo, os processos acontecem de forma gradativa e varia de mulher para mulher. Porém mudanças significativas de produção hormonal acontecem a partir do momento que a mulher menstrua, depois após o desmame, e finaliza em torno de 1 anos após o nascimento do bebe, sendo que algumas mulheres levam um pouco mais de tempo.

Sobre ter o antigo relacionamento de volta, todos os momentos ao lado de alguém é constituído de fases distintas, e por mais que uma fase seja maravilhosa normalmente ela não volta. Porém se vive uma nova fase que pode ser tão maravilhosa quanto. Aprender a compreender o outro, ter cumplicidade e voltar a namorar realmente. Principalmente porque a mulher não possui os mesmo estímulos que o homem, ela precisa se sentir acolhida, principalmente diante estas dificuldades.

Medidas como contar com uma rede de apoio, fazer cama compartilhada para diminuir o cansaço da demanda noturna, e o pai assumir sua responsabilidade de forma efetiva com o bebê de forma igualitária, podem ser decisivas para este momento. Afinal somente a mãe sabe o valor de um longo banho relaxante ouvindo uma boa música, ou fazer suas necessidades sem ser interrompida. Pequenos gestos de responsabilidade, cumplicidade e carinho são entendidas pela mulher como atos de sedução que podem vir a despertar o desejo novamente. E se mesmo assim a mulher não quiser, calma, está tudo bem!

Fonte: pixabay.com

Referências:

Sexualidade na gravidez e após o parto

https://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstream/1822/4720/1/SEXUALIDADE%20NA%20GRAVIDEZ.pdf

Conheça o que acontece no corpo da mulher depois do parto

Por que o desejo sexual diminui no pós parto?

https://www.personare.com.br/por-que-o-desejo-sexual-diminui-no-pos-parto-m6443

Disfunção sexual e fatores associados relatados no período pós-parto

https://www.redalyc.org/html/3070/307032877013/

 

Doulas recomendam:

E como retomar o sexo no período que se está amame... (Este é um texto tragi-cômico sobre sexo e amamentação.) Se você nunca fez sexo enquanto estava amamentando, vem que vou te contar umas coisas que ...
Como fica o sexo na gestação e amamentação? Sexo continua sendo um assunto tabu e não é diferente durante a gestação e amamentação. Parece haver um necessário abismo entre sexo e maternidade e i...
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *