O relógio do puerpério

Compartilhe:

Eba, bebê nasceu! Está tudo bem,tudo lindo e feliz. Será ?

Bem vinda ao puerpério !

Foram tantas semanas na expectativa da chegada do bebê, preocupações com enxoval,duvidas sobre amamentação, escolhas para um parto respeitoso. Mas e com você ? Qual foi seu nível de interesse em prepara-se para o pós-parto?

É muito importante não só preparar-se a si mesma como a todas pessoas que estarão ao seu redor. Crie uma rede de apoio eficiente e amorosa para juntos viverem um puerpério consciente. Sim, juntos! É óbvio que a pessoa diretamente afetada com essa nova fase é a mãe, mas nesse momento são todos recém-nascidos, para essa vida nova e desafiadora, o acolhimento deve ser mútuo.

Quando começa, quando termina ?

Muito se fala em pós -parto, quarentena ou resguardo e todos os cuidados necessários  nesse período de 40 dias após o nascimento do bebê. É nessa fase do pós-parto imediato que a mulher está se recuperando fisicamente da gravidez, com os hormônios borbulhando, noites em claro, os desafios da amamentação entre outras dificuldades bem especificas de adaptações físicas entre a mãe e o bebê.

Mas para o psicologo Alexandre Coimbra Amaral não existe um relógio  para cronometrar a duração do puerpério na vida da recém-mãe . É um período  que ele define como ” Um Mergulho na Alma” , devido a intensidade  emocional que envolve a mudança de identidade, e esse reconhecimento  e reconexão com a nova mulher que acaba de nascer. Tudo muda! Mudam  nossos relacionamentos e vínculos sociais ,nossa percepção com muitas questões ao nosso redor e muitas idéias fixas se transformam   .Não existe um manual que defina a duração desse processo , poderá durar muito mais que os 40 dias ,mas em média os 2 primeiros anos da criança.

Precisamos frisar que não deve ser classificado como depressão pós parto, porém é importante lembrar que estar nesse lugar desconhecido em si mesma causa medo,solidão,tristeza e outros sentimentos confusos que são potencializados pelo cansaço. Sendo assim esses sentimentos mal administrados pode sim levar a depressão, como em qualquer fase da vida onde sentimentos assim são aflorados.

A doula pode ajudar ?

O trabalho da doula no período pós parto é garantir conforto a mulher,tirar as inúmeras duvidas que vão surgindo com adaptação do bebê, auxiliar na amamentação,aplicar técnicas de massagens e relaxamentos e outras formas que podem ser solicitadas mediante a um acordo contratual,ou simplesmente fazer um chá sentar e ouvir aquela mulher que precisa de acolhimento.

Aconselhar e incentivar ir a rodas de conversa/grupos de apoio, principalmente voltado as puérperas é de grande importância, pois esse contato e a troca de experiencias com outras mães  alivia a tensão e faz enxergar que ” não está sozinha nesse barco”, e sim VAI PASSAR!

#FicaDica:

  • Você não tem que dar conta de tudo!
  • Aceite e/ou peça ajuda.
  • Sempre que puder faça algo por você.

É clichê, mas vai passar! Então busque se rodear do apoio de quem te ama e te acolhe nesse momento mais lindo e transformador  da sua vida.

Referencias:

Fatores relacionados à saúde da mulher no puerpério e
repercussões na saúde da criança 
http://www.scielo.br/pdf/ean/v19n1/1414-8145-ea n-19-01-0181.pdf

Acolhimento no cuidado à saúde da mulher no puerpério http://www.scielo.br/pdf/csp/v33n3/1678-4464-csp-33-03-e00136215.pdf

Puerpério Dura Muito Tempo – [Vídeo 11] – Pós-Parto e Puerpério https://aripe.com.br/puerperio-dura-muito-tempo/

 

Doulas recomendam:

Dor do parto: uma jornada que pode fortalecer A dor do parto faz parte da natureza humana da mulher, sendo diferente de outras experiências dolorosas, pois não está associada à nenhuma doença, mas...
Além do parto: o que acontece depois que nasce Toda criança que chega no mundo abre uma grande porta. Várias coisas vão acontecer na vida dos pais, familiares e amigos a partir dessa chegada. A nos...
Rede de apoio – um oásis no puerpério Olá!!! Muitas mudanças por aí?! Imagino que sim. E diante de tantas mudanças, muitas vezes, o que mais queremos é o apoio. Não é verdade?! O apoio ...
Como a doula pode te ajudar com a dor do parto Se você já ouviu falar sobre a função da doula, aposto que na descrição constava a sua atuação quanto a dor do parto, afinal de contas, a coisa mais c...
Compartilhe:

2 respostas para “O relógio do puerpério”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *