Dicionário da Gestação ou Maternidade de A a Z

Compartilhe:

Daí que você engravida e aparecem aqueles montes de palavras, expressões e siglas que você nunca tinha ouvido falar ou é apresentada a elas, mas quase nunca se lembra o que é o que…

Pensando nisso, levantei os termos mais usados em relação à gestação, parto, pós-parto, amamentação e ao bebê. E…

Voilá: Eis o Dicionário da Gestação ou Maternidade de A a Z!

Pra você nunca mais ficar sem entender do que essa galera ( e em breve você) tá falando!

A

Apgar

Teste que avalia a vitalidade no recém-nascido no primeiro e no quinto minuto de vida. São analisados batimento cardíaco, frequência respiratória, cor da pele, tônus muscular e reflexo. O bebê recebe uma nota até dez, que indica a necessidade ou não de intervenções ou observação.

Infográfico by mim mesma

Apojadura

É a descida do leite, que acontecesse após o bebê mamar o colostro. Geralmente ocorre entre 48h e 72h horas após o nascimento. Se for cesárea pode demorar um pouquinho mais. Saiba mais aqui!

Assoalho Pélvico

O fundo da bacia (pelve óssea) termina em uma cavidade afunilada, chamada cavidade pélvica, onde estão órgãos como bexiga, próstata e reto. O fundo desse funil é fechado por uma espécie de cama elástica, o assoalho pélvico, formado por cerca de 13 músculos, auxiliados por fáscias (tecidos) e ligamentos. O que isso tem a ver com a gestação?   Dá uma lida aqui !

B

Beta- hCG

Hormônio chamado gonadotrofina coriônica humana, cuja forma abreviada é beta-hCG ou BhCG. Este hormônio é produzido pelo embrião e chega ao sangue da mãe através da placenta. A presença do BhCG é primeiro sinal enviado pelo embrião que pode ser medido para comprovar a gravidez. O teste para detectar o Beta hCG pode ser realizado por meio da urina ou sangue da mulher.

Bolsa d’água ou Bolsa amniótica

Revestimento de membranas que se desenvolve na oitava ou nona semana da fecundação para cobrir o embrião. A bolsa amniótica é composta pelo âmnios (a membrana interna que contém o feto e tem líquido amniótico) e pelo córion (a membrana exterior que faz parte da placenta e abriga o âmnios). O que fazer quando a bolsa romper?

Braxton Hickens

Nome da contração irregular e indolor do útero, que normalmente  se inicia por volta da 20ª semana de gestação. Na verdade, podem começar até mesmo antes disso, porém com o útero menor a sensação da contração muscular não é tão clara assim. Algumas mulheres vão senti-las cedo, enquanto outras só a experimentarão mais tarde. Mais sobre isso nesse meu texto aqui.

C

Capurro

É um método utilizado para estimar a idade gestacional do recém nascido por meio da investigação de parâmetros somáticos e neurológicos.  Avalia-se: forma da orelha, tamanho da glândula mamária, formação do mamilo, textura da pele e pregas plantares.

Cefálico

Posição em que o bebê está de cabeça para baixo, a posição mais comum no final de aproximadamente 97% das gestações.

Córmico

Posição em que o bebê está em posição transversal no útero, como se estivesse deitado. Se você entrar em TP com o bebê nessa posição é uma indicação real de cesárea.

APRESENTAÇÃO FETAL CEFÁLICA PÉLVICA CÓRMICA Sliderplayer de Ilana Soares Martins

Colostro

É o primeiro leite que a mulher produz para amamentar. Ele é amarelado, muito gordo e muito calórico. É produzido em pouca quantidade (compatível com o tamanho do estômago do bebê) durante os 2 ou 3 primeiros dias de vida do bebê.

Clampeamento

Clampear significa fechar, sela, interromper. É o termo utilizado para interromper o fluxo sanguíneo do cordão umbilical entre a placenta e o bebê. A Organização Mundial da Saúde recomenda o clampeamento tardio do cordão umbilical, ou seja, 1 a 3 minutos após o nascimento ou, se possível, até que ele pare de pulsar.

Circular de cordão

É quando o cordão umbilical se enrola em alguma parte do corpo do feto.  A circular é resultado da própria movimentação do feto, que pode fazer com que o cordão se enrole e desenrole várias vezes durante a gestação. Mas, não se preocupe: circulares de cordão não devem ser uma preocupação, pois ele não “enforca” o bebê e pode ser facilmente desenrolado pelo médico durante o parto, depois da passagem da cabeça do bebê.  Ainda temendo a famosa circular de cordão? Se aprofunde mais nesse assunto então aqui.

Círculo de Fogo

Chamamos de círculo de fogo o momento em que o bebê ultrapassa a resistência do períneo da mulher, o que gera uma sensação de ardência ou queimação.

Colo uterino

É a porção inferior do útero onde se encontra a abertura do órgão, localizando-se no fundo da vagina.

Atenção!!!

É ele quem dilata e não a vagina!

 

Contrações

Trata-se do movimento que caracteriza o trabalho de parto. Começa com um enrijecimento no fundo da barriga, que progride para a pelve, em processo de abertura. Muitas vezes, a sensação vem combinada com pontadas na vagina e dor irradiada para a lombar, para os ossos do púbis e até na parte interna da coxa. São respostas das mudanças no colo do útero, que se prepara para o nascimento do bebê, provocadas pelo estiramento da musculatura e pelos estímulos hormonais.

D

DPP

Abreviação para Data Provável do Parto

DPP

Abreviação para Descolamento Prematuro de Placenta

DUM

Abreviação para Data da Última Menstruação

DG

Abreviação para Diabetes Gestacional

Dilatação

A combinação de hormônios somada às contrações empurram o bebê para baixo no colo do útero, fazendo com que ele dilate pouco a pouco. Durante o trabalho de parto o colo do útero se estica até ficar totalmente dilatado, com aproximadamente 10cm de diâmetro.

Representação da Dilatação do Colo Uterino http://picdeer.com/drahelenaproni

Distócia

Qualquer dificuldade encontrada na evolução de um trabalho de parto, que pode acarretar riscos para a mulher ou bebê e tornar necessária uma intervenção no processo normal do parto.

Doula

Profissional treinada e capacitada para oferecer educação perinatal durante o ciclo gravídico-puerperal e suporte emocional e físico contínuo para você gestante antes, durante e logo após o parto. A doula encoraja a mulher a buscar informação sem tutela, reforça o ato de parir como algo fisiológico e apoia as escolhas da mulher. Aqui eu conto um pouquinho sobre o que é meu trabalho como Doula!

E

Episiotomia

A episiotomia consiste na incisão do períneo para supostamente ampliar o canal de parto. Uma revisão, publicada em 1983, demonstrou que, além da inexistência de evidências de sua eficácia, há evidências consideráveis dos riscos associados ao procedimento: dor, edema, infecção, hematoma e dispareunia. Se informe e não se permita ser mutilada assim! Aqui no blog tem vários textos sobre isso, esse aqui é apenas um deles.

Episiotomia Foto: Carla Raiter

Exame de toque

Exame no qual o profissional coloca dois dedos no canal vaginal da mulher e toca o colo do útero pra verificar seu aspecto e sua dilatação. Muitas vezes esse exame é feito de forma rotineira e desnecessária. Saiba mais sobre isso aqui.

EO

Abreviação para Enfermeira Obstétrica

Expulsivo

O expulsivo ou período expulsivo é uma das etapas finais do parto, quando a mulher normalmente começa a sentir vontade de fazer força e aos poucos o bebê “coroa” , ou seja, você já começa a ver o cabelinho, a cabeça ou parte dela no final da vagina.

F

Fator RH

Fator Rh é um importante antígeno presente no sangue de determinadas pessoas, cuja presença significa que a classificação será Rh+. Os indivíduos que não possuem naturalmente o tal antígeno recebem a classificação Rh-. Vc tem Rh negativo e o seu companheiro positivo? Tá na dúvida se você pode ter um parto normal? Então esse texto aqui é perfeito pra vc!

G

GO

Abreviação para Ginecologista Obstetra

H

Hora de Ouro

Chamamos de Hora de Ouro ou Golden Hour os primeiros 60 minutos após o nascimento do bebê para destacar a importância do contato pele a pele nesse momento para o estabelecimento do vínculo afetivo entre mãe-bebê, o sucesso na amamentação e a saúde a longo prazo do recém-nascido.

Hiperêmese

É uma complicação da gravidez caracterizada por náuseas e vômitos tão intensos que ocasionam perda de peso e desidratação. Os sintomas são mais graves do que os do enjoo matinal comum a algumas gestantes. Muitas vezes os sintomas melhoram após a 20ª semana de gestação, mas podem durar a gravidez inteira.

I

Icterícia

Causada pelo excesso de bilirrubina no sangue, deixa os olhos e pele do bebê amarelados. Em alguns casos o recém-nascido precisa ser tratado com fototerapia, ou banho de luz.

J

L

LA

Abreviação de Líquido Amniótico

M

Mecônio

Mecônio é um material fecal de cor esverdeada bastante escura, produzida pelo feto e normalmente é expelida nas primeiras 12 horas após o nascimento. Às vezes, o mecônio é expelido antes do parto, colorindo o líquido amniótico que normalmente é de cor clara.

N

O

Ocitocina

Ocitocina ou hormônio do amor, como gostamos de falar, é um hormônio produzido pelo hipotálamo e armazenado na neurohipófise e tem como função: promover as contrações musculares uterinas; reduzir o sangramento durante o parto e estimular a libertação do leite materno. Ela também é a responsável pelo desenvolvimento de apego e da empatia entre as pessoas e por produzir parte do prazer no orgasmo.

Meg Ryan fingindo um orgasmo em Harry & Sally – Feitos Um Para o Outro

P

Pélvico

Posição em que o bebê está sentado no útero.

PD

Abreviação de Parto Domiciliar

Peridural

Tipo de anestesia que pode ser aplicada durante o parto normal, pois diminui a sensação de dor sem prejudicar totalmente a sensibilidade. É aplicada através de um cateter introduzido com a ajuda de uma agulha na lombar da gestante.

PN

Abreviação de Parto Normal ou Parto Natural

Nascimento Heitor, 18/01/2014, filho da Tifani e do Otávio

PNH

Abreviação de Parto Normal Hospitalar

Placenta

A placenta é um órgão materno-fetal que começa a se desenvolver a partir da nidação, ou seja, a partir da implantação do blastocisto e é expulsa após o nascimento do bebê com a ajuda das contrações. Durante a gestação ela é responsável pela nutrição do feto, pela troca gasosa, remoção de resíduos… A placenta humana tem cerca de 9 cm de diâmetro…Bem pequena para o tamanho da sua responsabilidade, né!

Plano de parto

Plano de parto é um documento que surgiu nos Estados Unidos há mais de 30 anos.  Serve para você dizer o que espera e deseja no seu trabalho de parto, parto e pós-parto, incluindo as possíveis intervenções no seu bebê. Pode ser construído junto com seu cuidador médico durante um das consultas de pré-natal, caso seja essa a pessoa que irá assistir seu parto, ou entregue à equipe que te acompanhar quando der entrada na maternidade.

Plano de Parto feito pela Gabriela de Paula, uma gestante que eu doulei

Puerpério

Puerpério, também chamado resguardo ou quarentena, é o nome dado à fase pós-parto em que a mulher experimenta modificações físicas e psíquicas. Vai por mim, você precisa ler sobre como sobreviver a ele nesse texto aqui

Parto humanizado

Não, não é um tipo de parto.  Parto humanizado não é algo palpável. Trata-se de um conjunto de práticas e procedimentos que enxergam o processo do parto numa perspectiva menos medicalizada e no qual a mulher é tida como a protagonista daquele momento.

Partolândia

Definição daquele momento em que a gestante em trabalho de parto começa um processo de introspecção profundo, um olhar para dentro de si. Se deixa guiar pelas contrações, não interagindo mais de forma racional com o mundo exterior.

Pródromos

Quase ninguém consegue compreender bem o que são pródromos se nunca foi “presenteada” com eles. Nas consultas pré parto com as minhas clientes gestantes  eu costumo usar uma analogia na vibe da festeira que um dia a doula aqui já foi…rs:  Sabe quando você tem um festa pra ir, mas pára antes num barzinho pra beber uma cervejinha? Às vezes você até desiste da festa e fica por ali mesmo, não é? Outras vezes você segue pra festa já “calibrada”. Então…os pródromos são exatamente isso: uma espécie de “esquenta pra festa” e a festa é o trabalho de parto! Nesse texto aqui você pode ler mais sobre pródromos.

Q

Quadril ginecóide /antropóide

A abertura superior da pelve humana pode ter 4 formas, entre elas a ginecóide (mais arredondada) e a andróide (em forma de coração).  O fato de ter o quadril x ou y não determina a via de parto. A avaliação clínica dos diâmetros da pelve,  é feita nos casos em que a cabeça do feto não consegue transpor os níveis da pelve, o que pode diagnosticar uma desproporção céfalo-pélvica. Porém isso só pode ser diagnosticado em TP e com dilatação completa ou quase completa.

R

Raquidiana

Anestesia aplicada uma única vez na lombar da mulher para  se proceder a cesárea. Mais forte que a peridural, a mulher perde a sensibilidade em toda região do abdômen e pernas, porém continua acordada para acompanhar o nascimento do bebê.

RN

Abreviação de Recém-Nascido,  aquela coisa petica fofíssima que vai fazer você enlouquecer de amor e de sono, em breve!

Crédito: Shutterstock

S

Surfactante

Surfactante pulmonar é um líquido produzido naturalmente pelas células pulmonares a partir das 32 semanas de gestação, atingindo a concentração adequada a partir das 36 semanas de gestação. Caso o trabalho de parto comece prematuramente, os obstetras podem administrar corticosteroides para acelerar o desenvolvimento dos pulmões do feto e reduzir o risco de dificuldades respiratórias ao nascer.

Sexagem fetal

Exame feito a partir da amostra de sangue da gestante, realizado a partir da oitava semana de gestação, através do qual é possível distinguir o sexo biológico do bebê com quase 100% de acerto, analisando o DNA do bebê. A eficácia diminui nos casos em que a mulher já tenha recebido transfusão de sangue ou transplantado um órgão de outro homem.

Sling

Um carregador de pano, ou seja, um pedaço de tecido utilizado para carregar bebês junto ao corpo do adulto. Permite posicionar o bebê da forma mais confortável, pois é ergonômico, ou seja, ele respeita o amadurecimento lento e gradual das estruturas ósseas e musculares dos bebês.

Karina Fiuza e sua linda Lourdes Maria, que eu vi nascer, slingando

T

TP

Abreviação de Trabalho de Parto

Transverso

O mesmo que córmico

U

USG

Abreviatura para Ultrassonografia

V

Vérnix

Material branco gorduroso que envolve o bebê dentro do útero e ao nascer, protegendo a pele e impedindo que ela fique muito úmida e enrugada.

Imagem Photography: Capturing Life Birth Photography http://thenaturalparentmagazine.com/vernix-shouldnt-wash-off/

Ventosa ou Vácuo extrator

Instrumento médico com forma de semicírculo de metal ou silicone que é ligado a uma bomba a vácuo. É utilizado para auxiliar na retirada do bebê posicionando o instrumento em sua cabeça e retirando o ar com a bombinha. Após o posicionamento da ventosa a mulher continua fazendo força quando sentir vontade e o médico ajuda puxando o bebê para fora.

VO

Abreviação de Violência Obstétrica

X

Z

 

Se tiverem sugestões para o Dicionário da Gestação, principalmente para as letras ainda vazias, deixem aqui nos comentários que eu atualizo o texto 😉

Um abraço de doula,

Gabriella Santoro

O que é Doula? https://doulasrj.com.br/o-que-e-uma-doula/

Estudando Episiotomia, por Melania Amorim http://estudamelania.blogspot.com/2012/08/estudando-episiotomia.html

Violência Obstétrica https://www.artemis.org.br/violencia-obstetrica

Clapeamento do Cordão https://apps.who.int/iris/bitstream/handle/10665/120074/WHO_RHR_14.19_por.pdf;jsessionid=CFA0D065D32E5AFD2AA6BE0C3342D9C9?sequence=2

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe:

2 respostas para “Dicionário da Gestação ou Maternidade de A a Z”

  1. Dicionário completo e perfeito para ser replicado para minhas gestantes. Simplesmente amei! Bjs!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *