VAMOS TIRAR SUAS DÚVIDAS PESSOALMENTE NA CIDADE DE ARAÇATUBA! 19/01

Compartilhe:

A maternidade costuma trazer insegurança, incerteza e muitas dúvidas! É comum as mulheres se sentirem inseguras a respeito do que estão sentindo, das decisões que estão tomando e sentirem que não estão sendo mães boas o suficiente.

Não importa muito se é o primeiro filho, segundo, terceiro… Cada gestação é uma, cada bebê é de um jeito e a mãe se modifica a cada filho que chega. Ela é uma mãe diferente para cada filho, prioridades mudam, sua forma de se relacionar com os filhos muda…

Durante a gestação, muitas mudanças acontecem no corpo da mulher, mas não só mudanças que afetam o físico, muitas mudanças emocionais e psicológicas também ocorrem. Além disso, nem sempre elas encontram um espaço em que se sentem seguras e à vontade para manifestar suas incertezas, seus medos.

Fonte: Arquivo pessoal

Dúvidas se pode fazer atividade física, se pode ter relações sexuais (em geral não há problema, desde que esteja tudo transcorrendo normalmente na gravidez, é até saudável realizar alguma atividade e manter a vida sexual ativa, basta confirmar com o médico responsável) e outras tantas perfeitamente comuns e esperadas que ocorram.

E quando o bebê nasce?

Após o nascimento do bebê aí mesmo é que as questões parecem jorrar como água na fonte. Será que devo agasalhar mais ou menos meu bebê? Recém-nascidos bem novinhos perdem calor bem rápido, mas em geral eles sentem o mesmo frio e calor que os adultos.

Em relação à amamentação ainda persistem muitas dúvidas e mitos. São tantas crenças, recomendações diversas que nem sempre fica claro o que é mito e o que é verdadeiro. Por exemplo: se eu comer chocolate o bebê terá cólicas? Em geral não há problema, a não ser que o bebê tenha algum tipo de alergia. Muitas vezes o que chamamos de “cólicas” é apenas o processo natural da maturação intestinal do bebê.

Que tipo de perguntas dá pra fazer?

Outras tantas dúvidas diferentes: para que serve uma doula? Ela faz o mesmo papel do acompanhante? E o fato é que não, as doulas são treinadas para entender os processos fisiológicos e conhecer métodos alternativos (não farmacológicos) para auxiliar na evolução do trabalho de parto e a lidar com a dor das contrações. São treinadas para reconhecer sinais que indiquem as necessidades da mulher para que possa, inclusive, antecipar-se a elas.

Quer saber o que é um Plano de Parto ou para que serve? Em geral em um plano de parto a gestante coloca suas preferências, como gostaria de ser atendida, como gostaria que seu bebê fosse recebido, quem serão as pessoas que ela gostaria de ter junto de si nesse momento, como gostaria do ambiente e assim por diante. É uma forma de registrar e se comunicar com sua equipe de forma que ela não precise ficar tomando muitas decisões no momento do parto e possa se entregar e viver o momento.

Fonte: Arquivo pessoal

As doulas da equipe Doulare irão tirar todas as suas dúvidas!

A equipe Doulare é uma equipe formada por três doulas: Adriana, Gisele e Jandira. A equipe já atua em Araçatuba e região há pouco mais de dois anos, já realizaram diversos encontros para gestantes e mães, muitos com a participação de diferentes profissionais (fisioterapeutas, psicólogas, obstetrizes, etc) e também já atenderam partos em diferentes cidades, com diferentes profissionais e em diversos locais (domiciliares, hospitalares, em Araçatuba, Penápolis, Auriflama…).

As doulas tem diferentes formações complementares que contribuem para sua atuação, como formação em bellymamãe, massoterapia e outras. Também se mantém em constante estudo e dispõem de diversos materiais para contribuir e promover a educação perinatal (levar informação durante o processo gravídico-puerperal).

Como vai ser?

Bom, então, tem dúvidas? Quer buscar informações? Perguntar algo? Ou só compartilhar momentos agradáveis e experiências com outras mulheres em uma agradável tarde? Venha participar!

O encontro acontecerá no dia 19/01/2019, às 17 horas no Vem Vento Café. Um espaço agradável com muito verde.

Fonte: Arquivo Vem Vento Café

Ah! O evento é gratuito, sendo necessário apenas garantir sua vaga fazendo sua inscrição pelo link: Clique aqui!

Bebês e crianças são sempre bem-vindos!

Fonte: Arquivo Pessoal

Lembrando que as vagas são limitadas!

Quer se aprofundar nos temas abordados neste texto e outros mais? Participe dos encontros da Doulare ou, se estiver fisicamente longe, comece nesses links aqui:

  • Continuous support for women during childbirth (Suporte contínuo para mulheres durante o parto)

https://www.cochrane.org/CD003766/PREG_continuous-support-women-during-childbirth

  • Prevalence of Sexual Dysfunction among Expectant Women (Ocorrência de Disfunções Sexuais nas Mulheres):

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-72032016001100559&lng=en&nrm=iso&tlng=en

  • A Importância da Hora de Ouro:

http://www.perc.ufc.br/a-importancia-da-hora-de-ouro/

 

Doulas recomendam:

Como fica o sexo na gestação e amamentação? Sexo continua sendo um assunto tabu e não é diferente durante a gestação e amamentação. Parece haver um necessário abismo entre sexo e maternidade e i...
Um pavor de profissionais e mães chamado Hipoglice... Quando um bebê nasce inúmeras dúvidas nascem junto. Ele normalmente passa por diversos procedimentos no hospital e nem sempre os pais estão cientes do...
Tudo por causa de um “porque sim” Fonte: Arquivo Pessoal Minha história como doula começou lá atrás, em 2004, mas eu demorei pra perceber isso. Foi quando meu primeiro filho, João ...
E como retomar o sexo no período que se está amame... (Este é um texto tragi-cômico sobre sexo e amamentação.) Se você nunca fez sexo enquanto estava amamentando, vem que vou te contar umas coisas que ...
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *