Sexo na gravidez

Compartilhe:

Vamos falar de um assunto que é tabu? Vamos! Sexo na gravidez. Por via das regras é permitido ter relações sexuais desde que se descobre a gravidez, salvo em casos específicos (consulte o seu ginecologista antes, ta bem?), até final da gestação, inclusive, é um ótimo método de criar uma oportunidade para o parto em si começar.

Benefícios do sexo durante a gestação
O sexo feito com vontade é uma delícia e durante a gravidez, algumas mulheres chegam até a ter a libido aumentada.Ter relações sexuais não apresentam nenhum risco à mãe e muito menos ao bebê, mas o melhor de tudo é que trás infinitos benefícios. Geralmente há preocupação com o bem estar do bebê ou com a barriga ou com conselhos externos que condenam o sexo durante a gravidez. Mas a verdade é que o fazer sexo vai pra alem de um ato sexual, ele relaxa, aumenta auto-estima, libera o hormônio da felicidade (serotonina) e do amor/prazer (ocitocina), faz o casal explorar novas posições (por conta do crescimento da barriga), fortalece o vínculo do casal e aumenta a sua consciência corporal. E tem mais, lá pro final da gestação pode ajudar você a entrar em trabalho de parto por conta da ocitocina liberada tanto do ato em si como da estimulação dos mamilos.

O hormônio liberado durante o sexo e o parto
A ocitocina é um hormônio bem poderoso, conhecido também como hormônio do amor e do prazer. É produzido pelo hipotálamo

Hipotálamo:onde a ocitocina é produzida.
por Life Science Databases(LSDB). – from Anatomography, website maintained by Life Science Databases(LSDB)

(um pedacinho do tamanho de uma amêndoa que fica no meio do cérebro, perto de onde sai a coluna vertebral). O cérebro o libera durante o orgasmo e é tão poderoso que quando a mulher o goza, a parte racional do cérebro (neocortex) é desligada e assim a temos aquela sensação incrível de estar nas nuvens, relaxada, com formigamento, de estar fora do corpo. Engraçado, onde mais sabemos que acontece essa sensação? Ah sim, no parto, mais especificamente quando a mulher entra na partolândia, e bem nesse momento que o nível de ocitocina está extremamente alto justamente para

prazer no parto
cara de prazer durante o parto.
Foto: Aline Amaral

que a mulher desligue do meio externo e consiga se entregar ao nascimento do bebê da forma mais viceral e primitiva que existe. Não é por acaso que mulheres em trabalho de parto ficam com cara de prazer (algumas até sentem prazer), gemem e gritem.

O sexo no final da gestação ajuda a trabalhar o colo do útero
Quer mais benefícios? Tem mais uma substancia importante para o trabalho de parto (além da ocitocina), é a prostanglandina. Podemos encontra-la em vários lugares como no liquido amniótico e no sangue materno, mas sua maior concentração é no sêmen do homem. A prostaglandina relaxa o colo do útero o que é fundamental para o bom desenrolar do trabalho de parto. Ou seja, além de um monte de hormônio do amor percorrendo o seu corpo, o colo do útero vai ser trabalhado, a receita perfeita pra ajudar a entrar em trabalho de parto não acha? E não se preocupe, se o bebê não estiver pronto para nascer ainda, não há sêmen nesse mundo que vai induzir o seu parto.

Sexo na gravidez é bom e faz bem!
Lógico que com o passar dos meses o barrigão pode dificultar algumas posições, ou algumas delas serem desconfortáveis e talvez você não tenha vontade (não faça nada sem vontade!) e ta tudo bem, o segredo é ir explorando os outros sentidos e posições para que você fique confortável e

segura durante o sexo. Vamos levar em consideração que sexo vai além da penetração (até porque nem sempre o parceiro sexual é um homem), então criar todo aquele clima, percorrer o corpo do parceiro com a ponta dos dedos, mexer nas orelhas, sussurrar palavras e frases, sentir a respiração do outro e os gemidos, se apaixonar novamente por aquela pessoa podem levar a um aumento de ocitocina e melhor ainda se você chegar ao orgasmo. E ai, quem sabe depois de uma noite daquelas vocês não entra em trabalho de parto? Ou quem sabe você consegue ter essa explosão do hormônio do amor e do prazer durante o parto? Se permita.

 

Para fazer esse texto tive os seguintes textos como referência:

-Desvendando sexos, produzindo gêneros e medicamentos: a promoção das descobertas científicas em torno da ocitocina
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-83332016000300302
Oxitocina e comportamento humano
http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0874-02832010000300013
-Ocitocina, o hormonio do amor
http://www.sentidosdonascer.org/blog/2015/06/ocitocina-o-hormonio-do-amor/
-As prostaglandinas na reprodução
https://www.ufrgs.br/lacvet/restrito/pdf/PG_reprod.pdf
Sex in pregnancy
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3080531/

Doulas recomendam:

Oi, eu sou a Bia! Quando criança, eu achava que gravidez era sinônimo de cesárea. Eu nasci assim, minha irmã também, todas as crianças que eu conhecia também tinham nas...
O que a doula NÃO faz Olá, tudo bem? Se você deseja ter o acompanhamento de uma doula, tão importante quanto saber o que ela faz, é saber o que a doula não faz. Já fa...
Quem eu sou? Por Juline Marconato – Doula Olá, tudo bem? Este é o meu primeiro post no portal Casa da Doula. É uma honra escrever “ao lado” de tantas irmãs de profissão e missão, mulheres uni...
Pressão Alta na Gravidez Apesar dos inúmeros cuidados já conhecidos durante o período da gestação, diversas mulheres acabam enfrentando o problema da hipertensão, ou pressão a...
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *