Exaustão no trabalho de parto. Como cuidar?

Compartilhe:

 

Créditos da foto: pregnant.

Nem sempre a dor é o mais difícil de superar no parto. Muitas gestantes desistem do parto por estarem cansadas, com sono e esgotadas fisicamente e emocionalmente também. Neste post veja algumas dicas para lidar com a exaustão no trabalho de parto.

Como amenizar a exaustão materna no trabalho de parto:

Descansar é preciso. Poupe energia! 

Algumas gestantes quando sentem os primeiros sinais do início do trabalho de parto, acreditam que para acelerar o processo,seria ideal começarem a realizar muitos agachamentos e exercícios. Porém o melhor nessa fase é poupar energia.

Sempre oriento as gestantes que acompanho para descansarem na fase latente. As contrações ainda são espaçadas, é possível até levar a rotina normal. O melhor é observar e buscar relaxar. Descansar é essencial, assim quando o seu corpo exigir mais energia ,lá na fase ativa,com contrações mais ritmadas e doloridas, a mulher estará mais disposta. 

Alimentação Saudável
Foto: Gety Images

Você vai precisar de energia na fase ativa do parto. Ou seja, quando realmente as contrações ganharem ritmo e as dores aumentarem, você estará mais disposta.

“Saco vazio não para em pé”.

Dormir ,se alimentar e hidratar são essenciais para sobreviver. Imagina passar o trabalho de parto em jejum?

Não dá mesmo né!

A doula geralmente lembra a mulher de se alimentar e descansar enquanto tolerado; É comum a gestante esquecer de comer e se hidratar por exemplo, ou ser difícil comer por conta das dores,enjoos etc 

Marmitinha com frutas. Créditos: Arquivo pessoal..

“Você precisa de energia para trazer um bebê ao mundo. Busque comer alimentos mais energéticos e saudáveis. Se possível faça uma “marmitinha”  para levar para o trabalho de parto na maternidade”

Não existe indicação baseadas em evidências para se manter em jejum absoluto durante o trabalho de parto para gestante de baixo risco.

De acordo com estudos publicados na Biblioteca da Cochrane:

Não existe justificativa para a restrição de líquidos ou alimentos no trabalho de parto para mulheres com baixo risco de complicações. Nenhum estudo analisou especificamente mulheres em maior risco de complicações; portanto, não existe nenhuma evidência para apoiar a restrição de ingestão nesse grupo de mulheres.

E quando o parto é mais longo do que  imaginávamos ? o que fazer para lidar com a exaustão?

Vamos imaginar que faremos uma viagem de carro. E sabemos que a viagem pode ser um pouco demorada e cansativa e que imprevistos podem acontecer. O que você planeja para o trajeto?

Levar alguma comidinha? bebidas? fazer pequenas pausas no caminho? pegar um atalho?

Então agora pense que seu parto é uma viagem. E o que você pode fazer para tornar a viagem mais tranquila e menos cansativa.

O seu companheiro de viagem também precisa descansar e a equipe que assiste a mulher também. Em momentos oportunos cada qual buscara sua forma de se alimentar por exemplo.

Eu já presenciei partos que a mulher desistiu de parir por conta do pedido do acompanhante. 

Entendemos que é cansativo,imagina o acompanhante a horas sem comer e dormir direito,pode acontecer que em algum momento o acompanhante queira desistir e começar a incentivar a gestante a realizar a cesária. Portanto o acompanhante também precisa de cuidados. E se for o caso,trocar de acompanhante para uma pausa para descanso, é uma opção ,o que não queremos é desestimular a mulher quando ela mais vai precisar de ajuda.

Quando o parto está se tornando um martírio para a gestante, cada hora que se passa fica mais difícil para a mulher buscar novas opções. Ela por si,muitas vezes está cansada, sem dormir e comer direito começa a pensar em desistir,precisamos estar atentos e ajudar a mulher a se concentrar e não desistir do seu desejo.

Somos uma equipe. Companheiros dessa viagem!

O que a doula faz nessas situações?

A doula além de orientar a gestante em cada fase, sugerindo desde técnicas de alívio de dores e cuidando da mulher,para que ela se alimente e se hidrate; prevenindo assim que a mulher ou casal chegue em uma exaustão, ela como uma acompanhante profissional também poderá realizar técnicas para facilitar a progressão do trabalho de parto. Spnning babies, rebozo,aromaterapia por exemplo, são práticas que algumas doulas oferecem para ajudar. A doula também cuida do ambiente para deixar tudo mais confortável:pouca luz,silêncio,posições que facilitam a mulher relaxar durante os intervalos das contrações ajudam muito.

Arquivo: casa da doula .

 

 

 

 

 

 

Analgesia :

Algumas vezes a mulher não solicita a analgesia de parto por conta da dor, mas pode acontecer da analgesia ser uma ajuda quando a gestante está exausta. A mulher poderá descansar e até dormir um pouco,e com isso voltar mais disposta. Porém isso precisa ser esclarecido e consentido pela gestante,assim como é importante orienta-lá sobre os possíveis efeitos.

Individualização:

Vamos lembrar sempre que cada mulher e cada bebê têm o seu tempo. Cada parto é único. Algumas mulheres demoram mais tempo para dilatar,outras para o bebê encaixar,outras para engrenar as contrações,etc

Se for do desejo da gestante não querer aguardar e solicitar um cesárea intra-parto por exemplo.Não é nosso papel julgar ninguém. Apenas estamos sugerindo alguns cuidados e sempre vamos apoiar e acolher as escolhas da mulher.

REFERÊNCIAS:

ESTUDO SOBRE COMER E BEBER DURANTE O TRABALHO DE PARTO: https://www.cochrane.org/pt/CD003930/comer-e-beber-durante-o-trabalho-de-parto

SUGESTÃO DE LEITURAS:

Posso comer e beber durante o trabalho de parto? http://blog.casadadoula.com.br/2018/06/27/comer-e-beber-durante-o-parto-1/

Dicas do que pode ser comido durante o trabalho de parto :http://blog.casadadoula.com.br/2018/08/27/pode-comer-durante-o-trabalho-de-parto/

Doulas recomendam:

Pode comer durante o trabalho de parto? É bem comum a gente ouvir que alguma amiga ou conhecida passou horas em trabalho de parto e não foi permitido que ela comesse ou bebesse qualquer cois...
Cáries podem causar parto prematuro? O medo do bebê nascer antes do tempo ideal, ou seja,nascer prematuro é algo que nos assombra. Lembro que na minha gestação eu comemorava cada semana, ...
Posso comer e beber durante o trabalho de parto? &... “Saco vazio não para em pé” é um ditado bem popular, mas bem verdadeiro. Dificilmente conseguimos fazer algo produtivo se estamos com fome. Não seria ...
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *